15 lugares bacanas para fazer um piquenique em São Paulo Na natureza

Em São Paulo, recentemente, um movimento de recuperar a cidade e ocupar os espaços públicos arrebatou muitos paulistanos independente de classe social ou tribo: todos estão reivindicando a sua parte. Nessa nova realidade, o piquenique tem sido um dos programas favoritos dos paulistanos: simples, ao ar livre e com espírito de colaboração a diversão é garantida – podendo também ser romântico para os apaixonados, um passeio barato para a família ou para reunir os amigos.  Este é o momento de fazer passeios ao ar livre. Listamos aqui alguns lugares para você estender sua toalha mais bonita e curtir um dia perfeito:

Parque da Aclimação Foto: Patrícia Ribeiro/Passeios Baratos em SP

Parque da Aclimação Foto: Patrícia Ribeiro/Passeios Baratos em SP

Parque da Aclimação

Um parque tranquilo e agradável de 112 mil m² de área verde, com pista de cooper de 5 km que circunda o lago. Frequentado por moradores da região, é uma ótima opção para caminhadas, praticar esportes ou fazer um piquenique com a família e amigos. É proibido circular de bicicletas. O parque abriga uma concha acústica, jardim japonês com espelho d’água, aparelhos de ginástica, parques infantis, paraciclo e campos de futebol, voleibol e basquetebol. Muito arborizado, tem bosque, áreas ajardinadas com várias espécies, além de eucaliptos. Em volta do lago é possível avistar garças, martim-pescador e outras aves.  O lugar mais requisitado para um piquenique é à beira do lago aonde avistam-se belos animais: cisnes, garças, carpas, e ficarão rodeados de quero-queros, periquitos e sabiás. Site Parque da Aclimação. Rua Muniz de Souza, 119, Aclimação, Diariamente das 6h às 22h. Metrô Ana Rosa ÔNIBUS: 4114-31 – Vila Gumercindo – Terminal Parque D. Pedro II/ 408A-10 – Machado de Assis – Cardoso de Almeida (Trólebus)/ 508L-10 – Aclimação – Terminal Princesa Isabel (Circular)/857R-10 – Aclimação – Terminal Campo Limpo

Gramado central Foto: Divulgação

Gramado central
Foto: Divulgação

Parque Burle Marx

A área de 138 mil m², que foi tombado Patrimônio Histórico – Condephaat, também conta com edificações valiosas para a história e arquitetura, como a “Casa de Taipa e Pilão”, datada do século XIX e utilizado pelo denominado “Ciclo Bandeirista”. É um parque para lazer contemplativo, para deitar na grama, ler, descansar à sombra de uma árvore, apreciar as cerca de 89 espécies de mata atlântica, as crianças brincarem e fazer piqueniques. Este parque não é destinado para a prática de esportes como Cooper, patins, skate ou andar de bike. Também não e permitido passear com animais. O Parque Burle Marx conta com uma área exclusiva para piqueniques mas tem algumas restrições, como permanência máxima de 2 horas e não pode ter decorações. . Para conhecer mais sua história acesse aqui. Para mais informações e como chegar, acesse o site: Parque Burle Marx. Av. Dona Helena Pereira de Moraes, 200, Panamby, tel.: (11) 3746-7631. Diariamente das 7h às 19h.

Parque Lions Tucuruvi Foto: Áreas Verdes em São Paulo

Parque Lions Tucuruvi
Foto: Áreas Verdes em São Paulo

ATENÇÃO: PARQUE TEMPORARIAMENTE FECHADO

Lions Clube Tucuruvi

Localizado na zona norte, o Parque Lions Clube Tucuruvi possui uma diversificada estrutura para treinos, caminhadas e práticas de esportes, mas, também, é referência ao incentivo à leitura. Possui acervo literário (5 mil títulos) e atividades aos domingos: saraus, contação de histórias e encontro com autores. Depois de dar uma passada no “bosque da leitura” poderá realizar seu piquenique na área reservada com bancos, mesas e churrasqueiras, e tudo isso ao som dos habitués sábios e tico-ticos.  Site Parque Lions do Tucuruvi Rua Alcindo Bueno de Assis, 500, Tucuruvi, Diariamente das 6h às 18h. ÔNIBUS: 1016-10 – Cemiterio Do Horto – Center Norte / 1764-10 – Jd. Corisco – Metro Santana /1773-10 – Cem.Pq.Dos Pinheiros – Mandaqui

O parque do Carmo atrai muitos visitantes aos finais de semana. Foto: Sueli dos Santos/ Passeios Baratos em SP

O parque do Carmo atrai muitos visitantes aos finais de semana. Foto: Sueli dos Santos/ Passeios Baratos em SP

Parque do Carmo – Olavo Egydio Setubal

Muito conhecido pelo Festival das Cerejeiras, esse parque possui o segundo maior bosque de cerejeiras fora do Japão, a árvore símbolo do país. Visitá-lo no período (final de julho até metade de agosto) do florescer das cerejeiras, definitivamente, fará seu piquenique muito mais bonito e florido, mas não desanime: todo ano há de ter renovação. Quem gosta de andar de skate pode fazer uso da pista especialmente criada para quem quer fazer manobras radicais. O parque tem churrasqueiras espalhadas em diversos pontos, quiosques, um lago e diversas espécies de animais. É muito comum durante a caminhada ou corrida na pista que circunda o lago ver os esquilos atravessando de um lado para outro. A pelada do final de semana também está garantida. O parque tem campo de futebol. As crianças também não ficam de fora. São três áreas com playground, além do museu de ecologia e um anfiteatro ao ar livre. Organize seu piquenique nos quiosques disponíveis ou – o mais legal, eu acho – sob as quaresmeiras e ipês e, prepare as lentes para os esquilos que correm por lá. Quer saber mais sobre a Festa das Cerejeiras e se programar para o próximo ano? Contamos anteriormente aqui.  Site do Parque do Carmo Av. Afonso de Sampaio Souza, 951, Itaquera. Aberto todos os dias das 6h às 18h. ÔNIBUSHá outras linhas de ônibus como a 2522-10 Shopping C. L. Aricanduva – Vila Progresso, 3027-10 Shopping Aricanduva – Vila Minerva, 3406-10 Terminal Pq. D. Pedro II – Cohab Juscelino, 3760-10 Metrô Tatuapé – Jardim Cibele, 3760-42 Metrô Tatuapé – Jd. N. Sra. do Carmo e 3774-10 Metrô Tatuapé – Jd. Soares.

PARQUE VILLA LOBOS - SÃO PAULO (SP) – 18.06.2009 - GERAL – PARQUE VILLA LOBOS POSSUI CICLOVIAS, CAMPO DE FUTEBOL, BOSQUE, APARELHOS DE GINÁSTICA, ANFITEATRO, ENTRE OUTRAS. - FOTO: CAIO PIMENTA/SPTURIS.

PARQUE VILLA LOBOS – SÃO PAULO (SP) – 18.06.2009 – GERAL – PARQUE VILLA LOBOS POSSUI CICLOVIAS, CAMPO DE FUTEBOL, BOSQUE, APARELHOS DE GINÁSTICA, ANFITEATRO, ENTRE OUTRAS. – FOTO: CAIO PIMENTA/SPTURIS.

Parque Villa-Lobos

Arrisco dizer que, o Parque Villa-Lobos deve ser o segundo mais queridinho dos paulistanos depois do “Ibira”. Sabe aquele lugar que tem de tudo um pouco e sem restrições? Bicicleta, pode. Tem ciclofaixa. Patins e skates, podem. Pistas de caminhada e corrida bem organizadas para ninguém se trombar. Orquidário, biblioteca, cursos e oficinas, anfiteatro, trilhas no Caminho das Árvores e vários alto-falantes transmitindo músicas de Villa-Lobos.Algumas vezes também rolam shows gratuitos. Eu já assisti, por exemplo, Luiza Possi e a internacional cantora de jazz Diana Krall, voz e piano. Foi lindo! Um ótimo lugar para passear com a família, andar de bicicleta, praticar esportes ou fazer um piquenique. site Parque Villa-LobosAvenida Professor Fonseca Rodrigues, 2001, Alto de Pinheiros. Diariamente das 5h30 às 19h. Estação de trem CPTM Villa-Lobos-Jaguaré

Espaço para as crianças brincarem Foto: Vilma Alcântara

Espaço para as crianças brincarem
Foto: Vilma Alcântara

Parque Buenos Aires

Localizado na região central de São Paulo, o Parque Buenos Aires possui uma grande área ajardinada com árvores de até 40 metros de altura.Frequentando mais pelos moradores, vale a pena reunir os amigos, levar as crianças para um piquenique entre a bela vegetação, playgrounds e muitas esculturas espalhadas pelo local. Sobre uma bela grama limpíssima, você pode fazer um piquene e estender sua toalha mais bonita e aproveitar o sol ou a sombra, pois, a área é completamente ajardinada com uma vegetação que vai desde pequenos arbustos a árvores de 40 metros de altura.Conheça mais sobre o parque acessando esse post. Site Parque Buenos Aires Avenida Angélica, s/n altura do número 1500. Bairro Higienópolis.  Diariamente das 6h às 22h. Tel.: (11) 3666-8032. ÔNIBUS: 407M-10 – Vila Monumento – Vila Madalena/ 508L-10 – Term. Princ. Isabel – Aclimação (Circ.)/ 719P-10 – Pinheiros – Metrô Armênia/ 719R-10 – Rio Pequeno – Metro Barra Funda/ 978L-10 – T.T.V.N. Cachoeirinha – Term. Princ. Isabel

Horto Florestal fica na zona norte. Foto: Secretaria do Meio Ambiente

ATENÇÃO: PARQUE TEMPORARIAMENTE FECHADO

Horto Florestal – Parque Estadual Alberto Löfgren

Imaginem que incrível um piquenique em uma parte preservada da Mata Atlântica? Encontros com esquilos, bugios, tucanos…. Assim será caso escolham um passeio nesse local, que é referência na zona norte de São Paulo. O parque possui infraestrutura completa para todos os interesses: parque infantil, palco para eventos, área do piquenique, quadra poliesportiva e campo de futebol. Regularmente realiza eventos para educação ambiental, como:  teatro de fantoches e oficinas. Como trata-se de um local de forte representação e preservação do meio-ambiente algumas regras são bem importantes de conferir, afinal, devemos respeitar nossos anfitriões que vivem sob ameaça de extinção. Site Horto Florestal. Rua do Horto, 931, Diariamente das 6h às 18h. ÔNIBUS: 2740/41 Metro Parada Inglesa • Horto Florestal (ponto final),1018/10 Metro Santana • Vila Rosa e 1775/10 Metro Santana • Vila Albertina.

Área de piquenique no Lago das Carpas - Parque da Cantareira Foto: Patrícia Ribeiro/Passeios Baratos em SP

Área de piquenique no Lago das Carpas – Parque da Cantareira
Foto: Patrícia Ribeiro/Passeios Baratos em SP

ATENÇÃO: PARQUE TEMPORARIAMENTE FECHADO

Parque da Canteira – Pedra Grande

Ainda pela zona norte, a próxima dica é uma das maiores florestas urbanas do mundo: o Parque da Cantareira. Ali é possível realizar um belo piquenique à margem da Lagoa das Carpas. Para os dispostos – trilha de 10 km (ida e volta) – uma bela vista dessa parte da cidade ao subir na Pedra Grande. Não se assustem caso se sintam fora da cidade, esse sentimento é bem comum ao chegar ali. Da entrada ao mirante são 6.780 metros. Prepare sua câmera porque se o dia estiver claro, a vista é maravilhosa. Dá para ver vários bairros da zona norte e até o Pico do Jaraguá.  No meio do caminho há trilhas menores que saem do asfalto.  A Trilha das Figueiras de 1.200 metros , a Trilha da Bica de 1.500 metros e a Trilha do Bugio, de apenas 300 metros.Para quem nunca foi é bom avisar que o Parque da Cantareira é um lugar de contemplação e caminhadas, não sendo permitida a prática de esportes, bicicletas ou pets. Site Parque da Cantareira. Rua do Horto, 1.799. Funcionamento aos sábados, domingos e feriados, das 8h às 17h, com funcionamento da bilheteria das 8h às 16h. Taxa de visitação: R$ 13e R$ 6,50. (meia). Há várias linhas de ônibus que dão acesso ao parque entre as quais a 2740-41 Metrô Parada Inglesa x Horto Florestal. Similares: 2740-10-0 – Metrô Santana, 1783-41-0 – Metrô Parada Inglesa; 1764-41-0 – Metrô Parada Inglesa,1783-21-0 – Metrô Tucuruvi e 1722-10-0 – Tucuruvi.

Parque da Água Branca, opção de lazer mais tranquila

Parque da Água Branca, opção de lazer mais tranquila Foto: Divulgação

Parque da Água Branca

Localizado no bairro do mesmo nome, na zona oeste, o parque tem 137 mil m2 e conta com várias atrações como Espaço Leitura Biblioteca, Museu Geológico, Aquário, Casa do Caboclo, Arena, Espaço para jogar Xadrez, Espaço Melhor Idade e Multiuso, Pergolados, Museu Geológico, Bambuzal, Praça do Idoso com aparelhos de ginástica, área para piquenique, Arena, que oferece cursos de equitação, o local também é utilizado para a prática de corridas e caminhadas.  e playground. Não é permitido animais domésticos, nem a utilização de patins, patinetes, skates e bicicletas. Às terças, sábados e domingos há uma feira de produtos orgânicos que atrai muitos visitantes. É um parque pequeno e bom para caminhar principalmente pela Trilha do Pau Brasil, de fácil acesso, com muitas árvores. Você pode desfrutar por alguns minutos um típico local interiorano visitando a Casa de Caboclo. Não deixe de experimentar o café e a broa de milho. Seu piquenique poderá ser feito na área reservada ou no modo tradicional com toalha estendida no gramado. Site Parque da Água Branca. Av. Prof. Francisco Matarazzo, 455, estação Barra Funda. Diariamente, das 6h às 22h. Aquário: às segundas-feiras, das 13h às 17h. Terça a domingo, das 9h às 17h. Grátis. Aquário R$ 2.  Metrô Barra Funda.

Um lugar bacana para assistir ao entardecer Foto: Patrícia Ribeiro/ Passeios Baratos em SP

Um lugar bacana para assistir ao entardecer
Foto: Patrícia Ribeiro/ Passeios Baratos em SP

Praça do Pôr do Sol

Quem já visitou – ou ouviu falar – a Pedra do Arpoador (RJ) conhece bem o ritual do fim de tarde onde aos poucos as pessoas vão se juntando para assistir ao pôr do sol. Aqui em São Paulo, o mesmo acontece na Praça do Pôr do sol, em Pinheiros. Um lugar onde todo o público se encontra e convive em harmonia.  Perfeito para aquele piquenique mais romântico que você pode substituir bolinhos e sucos por vinho e queijos, que tal? Porque o espetáculo pode deixar por conta da natureza que mesmo entre prédios não perde a beleza. Praça Coronel Custódio Fernandes Pinheiros, s/n – Alto de Pinheiros. ÔNIBUS.  números 875C-10 – Metrô Sta. Cruz- Terminal Lapa, 875C-22 – Morumbi-Terminal Lapa, 9051-10 – Lapa-Pinheiros

Área com trilhas e para pedalar do Parque Ecológico Tietê Foto: Patrícia Ribeiro/Passeios Baratos em SP

Área com trilhas e para pedalar do Parque Ecológico Tietê
Foto: Patrícia Ribeiro/Passeios Baratos em SP

ATENÇÃO: PARQUE TEMPORARIAMENTE FECHADO

Parque Ecológico do Tietê

Considerado uma das áreas verdes mais completas da cidade, o Parque Ecológico Tietê é muito além da vegetação no coração da zona leste da cidade. O parque recebe mensalmente cerca de 300.000 visitantes que desfrutam de uma infraestrutura que inclui: pista de atletismo e bicicross, 9 km de trilhas, 14 km de ciclovias, campos de futebol, teatro, academia, playground, e para reunir os amigos para um piquenique poderá usar uma das 12 churrasqueiras descobertas ou outras 9 cobertas, e para reservá-las apenas com 30 dias de antecedência. Só fiquem espertos com os quatis! Esses bichinhos sempre estão com vontade de comer e pegam mesmo da sua mão, caso você não ofereça. Tente resistir a esses fofinhos! Não é permitido levar animais domésticos. O aluguel da bicicleta custa a partir de R$ 7 por uma hora. Outro passeio bem concorrido é andar de pedalinho no lago. O aluguel por 30 minutos custa R$ 15 Site Parque Ecológico Tietê Avenida Dr. Assis Ribeiro, altura do nº 3.000 – Cangaíba. Diariamente das 8h às 17h.  De transporte público, pegue o metrô e desça na estação Penha. Pegue o ônibus Jardim Keralux e desça na entrada do parque. De trem da CPTM, desembarque na estação Engenheiro Goulart e vá andando até a entrada do parque.

Parque Alfredo Volpi. Foto: Divulgação

Parque Alfredo Volpi. Foto: Divulgação

Parque Alfredo Volpi

E, para encerrar as dicas de praças e parques para fazer aquele piquenique, não poderia faltar um bem perto da Avenida Cidade Jardim – e já vimos que sim há jardim nessa cidade – o Parque Alfredo Volpi, localizado no Morumbi. Este pequeno parque é muito arborizado, ideal para quem gosta de caminhadas e correr. Oferece muitas mesas e bancos para piqueniques, aparelhos para ginástica e área para crianças. Os equipamentos são feitos de madeira recuperada, o mais legal é andar nas trilhas ouvindo os sons da natureza e observar a as espécies vegetais, o lago com gansos e patos completam a bela paisagem. Site: Parque Ecológico Alfredo Volpi Avenida Eng. Oscar Americano, 480 – Morumbi. Diariamente da 6h às 17h30. Várias linhas  de ônibus servem o parque: a 5118-10 – Term. João Dias – Lgo. São Francisco, 5119-10 – Term. Capelinha – Lgo. São Francisco, 5119-21 – Term. Capelinha – Itaim Bibi, 6291-10 – Inocoop Campo Limpo – Term. Bandeira e 647A-10 – Valo Velho – Pinheiros e 775F-10 – Jd. das Palmas – Hosp. das Clínicas.

Jd._Botânico_de_São_Paulo_03

Jardim Botânico

Ainda tem gente que não sabe que São Paulo tem um Jardim Botânico incrível. Eu conheci há pouco mais de um ano e me surpreendi com um dos jardins/parque mais bonitos de São Paulo. O que eu mais gostei foi o paisagismo e a tranqüilidade. O lugar é para contemplar a natureza, relaxar, fazer caminhadas leves, estar com os amigos e a família. Como não é permitida a prática de esportes, nem animais de estimação, o Jardim Botânico acaba sendo mais sossegado que os outros parques.  O lugar abriga uma estufa de plantas, um lindo lago de ninfeias, uma escadaria histórica e é comum ver ensaios fotográficos, portanto prepare o celular ou a câmera. Apesar de ter lanchonete, pense em compartilhar a comida com os amigos, pegue uma toalha ou canga e faça um piquenique no gramado.Acesse o site para saber como chegar. Site Jardim Botânico de São Paulo Av. Miguel Estéfano, 3687 – Vila Água Funda Funciona de terça a domingo, das 9h às 17h. R$ 6 e R$ 3 (meia entrada).

O CCSP tem um jardim suspenso ideal para tomar um sol e reunir os amigos Foto: João Mussolin

O CCSP tem um jardim suspenso ideal para tomar um sol e reunir os amigos
Foto: João Mussolin

Centro Cultural São Paulo

“Como assim?! Os piqueniques não são nos parques? ”. Calma, caro leitor! À princípio, quando pensamos em piquenique, realmente, nossa imaginação nos remete para aquele ambiente bucólico, mas como – no início do texto – falamos de ocupar a cidade da melhor maneira possível e adoramos criar possibilidades, no CCSP entre a Rua Vergueiro e a Av. 23 de maio, no alto, temos um jardim suspenso e às vezes rola cinema ao ar livre. Que tal reunir as pessoas queridas para um piquenique e ali mesmo assistir um filminho, uma peça ou antes daquele show? O local tem inúmeras atividades culturais a preços acessíveis. Veja post completo sobre o Centro Cultural São Paulo clicando aqui. Site Centro Cultural São Paulo. Rua Vergueiro, 1000, Paraíso. Metrô Vergueiro.

Jardim do Museu da Casa Brasileira Foto: Gleice Bueno

Jardim do Museu da Casa Brasileira
Foto: Gleice Bueno

Museu da Casa Brasileira

E, já que podemos ser “diferentões”, por que não um piquenique cultural num museu? Sim, no Museu da Casa Brasileira – referência sobre moradias da arquitetura ao design. A programação e extensa desde programas educativos, exposições, palestras e debates com foco no urbanismo, mobilidade urbana e sustentabilidade. O acervo museológico é apresentado por meio da Coleção MCB  com móveis e objetos representativos da casa brasileira desde o século XVII até o XXI, e da coleção Crespi-Prado, fruto de um comodato firmado em 2011 entre a Fundação Crespi-Prado e o Governo do Estado. Coleção formada por peças pertencentes aos moradores originais do imóvel que hoje abriga o MCB: o casal Fábio Prado e Renata Crespi. Os frequentadores estendem suas toalhas na parte de trás do museu que possui um gramado impecavelmente verde e limpo. Site Museu da Casa Brasileira. Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano. De terça à sexta, das 10h às 18h. R$ 7 a R$ 3,50. Gratuito aos sábados, domingos e feriados. Maiores de 60 anos e crianças até 10 anos não pagam.

 


Meu nome é Vilma. Sou paulistana e não vivo uma relação de amor e ódio com a cidade: sou uma apaixonada assumida por São Paulo. Formada em Letras (Português e Inglês) pela UNIP, mas sempre trabalhei no meio corporativo. Meu interesse por eventos culturais começou bem cedo. Vizinha do Centro Cultural São Paulo, todos os dias, depois da aula, passava tardes inteiras por ali aproveitando tudo o que podia. Como sou uma pessoa de múltiplos interesses – música, literatura, teatro, cinema, passeios ao ar livre, cultura pop, em geral, e gastar pouco e me divertir muito – logo virei ponto focal entre amigos e colegas de trabalho sobre o que de melhor estava acontecendo na cidade e, aí está uma das outras coisas que adoro: compartilhar conhecimento. Uma outra é criar roteiros: seja de passeios pela cidade, seja para uma viagem de muitos dias. Desejo disseminar o que há acontece na cidade para além dos segundos cadernos.

Comments

  1. Ana Paula Rusinas Says: setembro 9, 2016 at 9:11 pm

    Imperdoáve! Faltou o Parque Estadual do Jaraguá. Tem quiosques com churrasqueiras, banheiros e espaço de sobra para piqueniques.

    • Patrícia Ribeiro Says: setembro 10, 2016 at 5:56 pm

      Oi Ana Paula. A intenção não é esgotar o assunto. Afinal São Paulo tem centenas de parques bons para fazer piquenique. Mais pra frente a gente faz parte 2 deste tema. Obrigada pela sugestão e continue acompanhando. Bons passeios.

  2. Carla Ferraz Says: setembro 25, 2017 at 2:38 pm

    Apenas corrigindo, a pista do parque da Aclimação não tem 5Km, tem apenas 1Km.
    😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *