15 lugares que valem a pena conhecer na zona leste Agenda Cultural / É Grátis / História e Arte / Na natureza

Zona lost, elo perdido, “nossa, que longe”, essas são algumas das expressões usadas quando se fala em zona leste. Cá entre nós, injustiça. Até porque longe depende do referencial. Da estação Sé até Itaquera, por exemplo, são aproximadamente 35 minutos. Tempo semelhante da viagem entre Sé e a estação Jabaquara. Mas vamos ao que interessa. Destacamos aqui 15 sugestões de passeios legais e baratos (alguns gratuitos)  para você começar seu passeio pela região, no entanto, ainda há muitos outros atrativos que também estão à espera para serem desvendados:

Estádio do Juventus Foto: Divulgação

Estádio do Juventus
Foto: Divulgação

Clube Atlético Juventus e Estádio Conde Rodolfo Crespi 

Em São Paulo, todo mundo gosta do Juventus, o “Moleque Travesso” do bairro da Mooca. Com capacidade para 4 mil pessoas só tem jogos durante o dia por não ter sistema de iluminação nem placar eletrônico. Agora, se você for até lá, tem de provar o cannoli (doce típico da Sicília, em forma de canudo e recheado com creme e ricota) vendido durante o jogo. O Clube Atlético Juventus promove várias festas e eventos durante o ano como festa julina, festa italiana. A próxima é “Festa Cerveja, Frios e Samba” no dia 22 de outubro de 2016, a partir das 21h, no Salão Nobre.O evento contará com o show tradicional do Fundo de Quintal, animação do Grupo Dose Certa e da Escola de Samba  Rosas de Ouro. O estádio fica Rua Javari, 117 – Mooca (11) 2292-4833 juventus.com.br/clube/infraestrutura/estadio/; Visitas: Terça a sábado, às 10h, 12h, 14h e 15h30; domingo às 11h30 e 13h30 exceto em dias de jogos). Para chegar de transporte público: há várias linhas que saem do metrô Bresseer. Site Clube Atlético Juventus, rua Comendador Roberto Ugolini, 20, Mooca.

Visitação noturna - Museu da Imigração. Divulgação

Visitação noturna – Museu da Imigração. Divulgação

Museu da Imigração

Entre 1887 e 1978 funcionou neste prédio a Hospedaria dos Imigrantes – o principal local de abrigo para os imigrantes recém-chegados ao Brasil, grande parte para trabalhar na produção cafeeira. Mais de 2,5 milhões de pessoas de mais de 70 nacionalidades passaram pelo lugar. O último grupo recebido, em 1978, foi de imigrantes coreanos. Hoje a construção abriga o Museu da Imigração, uma instituição cultural voltada à compreensão e reflexão do processo migratório paulista e que busca relembrar as condições de chegada e a adaptação dessas pessoas que ajudaram a construir São Paulo e o Brasil, através de atrações interativas. O museu ainda disponibiliza consulta a documentos de registros de entrada dos imigrantes que por ali passaram.  Museu da Imigração Rua Visconde de Parnaíba, 1316 – Mooca (11) 2692-1866; Terça a sábado, das 9h às 17h; Domingo abre às 10h. R$ 6. Gratuito aos sábados. Estação Bresser-Mooca

Parque Belém Foto: Áreas Verdes da Cidade

Parque Belém
Foto: Áreas Verdes da Cidade

Parque Estadual do Belém

Localizado onde antes funcionava a Febem (Fundação Estadual para o Bem Estar do Menor) Tatuapé,  foi inaugurado em 2012 e  é uma ótima opção de lazer na região com amplo espaço para corrida e caminhada, ciclovia e pista de skate, playground, aparelhos de ginástica. Funciona lá dentro uma ETEC e um café concerto. Futuramente vai sediar uma biblioteca. Dentro do parque funciona a Fábrica de Cultura Parque Belém. que contam com vários ambientes onde funciona atividades culturais como dança, teatro, música, circo, xadrez, salas de múltiplo uso e  artes plásticas. Site Parque Estadual Belém Avenida Celso Garcia, 2231 – Belém (11) 2081-2441. Diariamente das 6h às 19h. Estação do metrô Belém. Grátis.

Festa na Vila Zelina Foto: Divulgação

Feira do Leste Europeu na Vila Zelina
Foto: Divulgação

Vila Zelina

A região da Vila Prudente, especialmente a Vila Zelina, recebeu uma grande quantidade de imigrantes vindos do Leste Europeu, especialmente os lituanos. Como exemplo dessa tradição, é realizada mensalmente a Feira do Leste Europeu de Vila Prudente. A próxima festa acontece dia 23 de outubro, O local fica a menos de 800m da estação Oratório da linha prata do metro(monotrilho) que funciona todos os dias das 07 às 19hs. Organizado pela Associação dos Moradores e Comerciantes do Bairro da Vila Zelina Amoviza, a Feira do Leste Europeu acontece mensalmente aos domingos na rua ao lado do Parque Ecológico Profa. Lydia Natalízio Diogo (Vila Prudente). Reúne amostras da culinária e artesanato de diversos países do Leste Europeu, apresentadas pelos imigrantes e descendentes moradores do bairro de Vila Zelina e arredores, no Distrito de Vila Prudente. São 13 comunidades: bielorrussos, búlgaros, croata, eslovenos, estonianos, húngaros, letos, lituanos, poloneses, romenos, russos , tchecos e ucranianos. Rua Aracati Mirim – Jardim Avelino (ao lado do Parque Ecológico da Vila Prudente). Evento mensal: Domingo, das 10h às 17h. Conferir o calendário no site www.amoviza.org.br http://www.amoviza.org.br/. Entre as estações Vila Prudente e Oratório do metrô, mas é preciso pegar um ônibus para chegar lá porque a caminhada é longa.

Fachada_Predio_Piscina_Ana Casatti X (1) sesc belem

Fachada_Predio_Piscina_Ana Casatti X (1) sesc belem

SESC Belenzinho

Quem conhece sabe da qualidade do serviço. Na zona leste são duas unidades do SESC (Belenzinho e Itaquera). Com atividades culturais e esportivas, espaço para leitura ou só ficar descansando. Em outubro, a unidade tem a exposição “Sempre Algo Entre Nós”, shows da banda  Sambasonics, dia 01/10, Elomar de 07 a 09/10, a peça Arqueologias do Presente – A Batalha da Maria Antonia, de 13 a 16/10, show Uma noite para Jorge Amado, de 14 a 16/10, Mostra Internacional de Cinema de 26 a 29/10. Os eventos tem preços populares ou são gratuitos. Quem é associado tem descontos maiores. Confira a programação completa na site.  SESC Belenzinho – Rua Padre Adelino, 1.000 – (11) 2076-9700; Terça a Sábado das 9h às 22h. Domingos e Feriados das 9h às 20h. Metrô Belém.

Centro Cultural da Penha Foto: Juliano Emidio Mendes

Centro Cultural da Penha
Foto: Juliano Emidio Mendes

Centro Cultural da Penha/Teatro Martins Penna

 Aberto em dezembro de 2012, tem boa infraestrutura formada pela biblioteca e salas de ensaio e estudos. O Teatro Martins Penna (capacidade de 198 lugares) com uma agenda bem interessante de shows e espetáculos teatrais. O lugar ainda conta com Telecentro (internet livre e cursos de informática), estúdio de gravação (realiza gratuitamente gravação musical).A banda Comitê do Soul traz ao Centro Cultural da Penha mais um grupo convidado para animar a sua noite.Todo domingo de 11 de setembro a 11 de dezembro de 2016 às 18:00. Grátis. A programação é gratuita. Largo do Rosário, 20 – Penha (11) 2295-9624, Terça a Domingo, das 10h às 22h. www.centroculturaldapenha.sp.gov.br . Para chegar ao local, deve-se descer na estação Penha e pegar um ônibus.

grafite no muro – 01.12.2014 - Vista do Projeto 4 km, com grafites alusivos à Copa do Mundo e que ocupam o muro lateral da Avenida Radial Leste, São Paulo . Foto: Jose Cordeiro/SPTuris

grafite no muro – 01.12.2014 – Vista do Projeto 4 km, com grafites alusivos à Copa do Mundo e que ocupam o muro lateral da Avenida Radial Leste, São Paulo . Foto: Jose Cordeiro/SPTuris

Projeto 4Km (Grafite no Muro)

Na época da Copa do Mundo (2014) foi feito o maior corredor de grafites da América Latina, na radial leste, a via de acesso até a Arena Corinthians. Setenta artistas grafitaram quatro quilômetros do muro da Linha 3 – Vermelha do Metrô, entre as estações Patriarca e Corinthians-Itaquera, que podem ser vistas da avenida.

Festa das cerejeiras no Parque do Carmo. Foto: Sueli dos Santos/ Passeios Baratos em SP

Festa das cerejeiras no Parque do Carmo.
Foto: Sueli dos Santos/ Passeios Baratos em SP

Parque do Carmo

Muito conhecido pelo Festival das Cerejeiras, esse parque possui o segundo maior bosque de cerejeiras fora do Japão, a árvore símbolo do país. Visitá-lo no período (final de julho até metade de agosto) do florescer das cerejeiras, definitivamente, fará seu piquenique muito mais bonito e florido, mas não desanime: todo ano há de ter renovação. Quem gosta de andar de skate pode fazer uso da pista especialmente criada para quem quer fazer manobras radicais. O parque tem churrasqueiras espalhadas em diversos pontos, quiosques, um lago e diversas espécies de animais. É muito comum durante a caminhada ou corrida na pista que circunda o lago ver os esquilos atravessando de um lado para outro. A pelada do final de semana também está garantida. O parque tem campo de futebol. As crianças também não ficam de fora. São três áreas com playground, além do museu de ecologia e um anfiteatro ao ar livre. Organize seu piquenique nos quiosques disponíveis ou – o mais legal, eu acho – sob as quaresmeiras e ipês e, prepare as lentes para os esquilos que correm por lá. Quer saber mais sobre a Festa das Cerejeiras e se programar para o próximo ano? Contamos anteriormente aqui.  Site do Parque do Carmo Av. Afonso de Sampaio Souza, 951, Itaquera. Aberto todos os dias das 6h às 18h. Grátis. ÔNIBUSHá outras linhas de ônibus como a 2522-10 Shopping C. L. Aricanduva – Vila Progresso, 3027-10 Shopping Aricanduva – Vila Minerva, 3406-10 Terminal Pq. D. Pedro II – Cohab Juscelino, 3760-10 Metrô Tatuapé – Jardim Cibele, 3760-42 Metrô Tatuapé – Jd. N. Sra. do Carmo e 3774-10 Metrô Tatuapé – Jd. Soares.

Nossa-Senhora-Achiropita-Visite-SP

Festa de San Gennaro

Todo ano a tradicional festa em homenagem ao santo padroeiro da Mooca, San Gennaro, atrai muitas pessoas. O evento é realizado nas ruas San Gennaro e Lins, com barracas com comidas e doces italianos (antepastos, macarronada, fogaça, pizza, polenta, cannoli, etc.) e música ao vivo, e também, na cantina com farta variedade de pratos napolitanos e muitas atrações para diversão de toda a família. Rua San Gennaro e Rua Lins (11) 3207-1049 sangennaro.org.br Até 9 de outubro, nos finais de semana.

Festa do Rosário Penha de França

Festa do Rosário Penha de França Foto: http://largodorosario.blogspot.com.br/

Festa do Rosário dos Homens Pretos da Penha de França

Com o objetivo de preservar a cultura afro-brasileira e a história da igreja, importante patrimônio tombado, é realizada no mês de junho a Festa do Rosário dos Homens Pretos da Penha de França. São promovidas atividades culturais e religiosas na Igreja do Rosário e no Centro Cultural da Penha, com o intuito de resgatar a memória e as tradições da cultura afro. O ponto mais alto das comemorações é a Missa Afro Campal, com a Coroação dos Reis da Festa e um cortejo representando diversos grupos da cultura popular, como congadas, moçambiques, folias, afoxés e maracatus. Neste domingo, dia 2, celebração afro, às 10h. Igreja do Rosário dos Homens Pretos da Penha de França Largo do Rosário, s/n – Penha/ Centro Cultural da Penha Largo do Rosário, 20 – Penha Acontece em junho. http://largodorosario.blogspot.com.br/ Grátis. Para chegar ao local, é preciso descer na estação Penha do metrô e pegar um ônibus.

Parque do Piqueri - Foto Caio Pimenta/SPTuris

Parque do Piqueri – Foto Caio Pimenta/SPTuris

Parque do Piqueri

No Tatuapé, na zona leste de São Paulo, fica um agradável parque com uma área verde de 97.200 m2. O local é bem bem arborizado, ideal para quem deseja caminhar, correr ou descansar à sombra das árvores. Possui ótima infraestrutura de lazer com pista de Cooper, bicicletário, campo de futebol de areia, quadras poliesportivas, aparelhos de ginástica, playgrounds, lago, palco para apresentações e até conchas de bocha. Para quem gosta de ler, há o Ponto de Leitura. É permitido passear com cachorro, mas não se pode andar de bicicleta, patins e skate. Como não há lanchonetes lá dentro, o ideal é trazer o próprio lanche e água ou comprar de ambulantes que ficam do lado de fora do parque. O parque possui cerca de 152 espécies de árvores como eucaliptos, sibipirunas, jatobá e bambuzal e também tem um lago. Mais informações e como chegar, acesse o site: Parque do Piqueri
R. Tuiuti, 515 – Tatuapé Funcionamento: diariamente das 6h às 18h Tel (11) 2097-2213. Para chegar ao parque você deve descer na estação Tatuapé do metrô e caminhar cerca de 30 minutos até lá. Grátis.

Parque-Ecológico-Tietê-Passeios-Baratos-em-SP

Parque Ecológico Tietê

Considerado uma das áreas verdes mais completas da cidade, o Parque Ecológico Tietê é muito além da vegetação no coração da zona leste da cidade. O parque recebe mensalmente cerca de 300.000 visitantes que desfrutam de uma infraestrutura que inclui: pista de atletismo e bicicross, 9 km de trilhas, 14 km de ciclovias, campos de futebol, teatro, academia, playground, e para reunir os amigos para um piquenique poderá usar uma das 12 churrasqueiras descobertas ou outras 9 cobertas, e para reservá-las apenas com 30 dias de antecedência. Só fiquem espertos com os quatis! Esses bichinhos sempre estão com vontade de comer e pegam mesmo da sua mão, caso você não ofereça. Tente resistir a esses fofinhos! Não é permitido levar animais domésticos. O aluguel da bicicleta custa a partir de R$ 7 por uma hora. Outro passeio bem concorrido é andar de pedalinho no lago. O aluguel por 30 minutos custa R$ 15 Site Parque Ecológico Tietê Avenida Dr. Assis Ribeiro, altura do nº 3.000 – Cangaíba. Diariamente das 8h às 17h.  Grátis. De transporte público, pegue o metrô e desça na estação Penha. Pegue o ônibus Jardim Keralux e desça na entrada do parque. De trem da CPTM, desembarque na estação Engenheiro Goulart e vá andando até a entrada do parque.

Arena_Corinthians_Worlds_Best_lighting

Arena Corinthians

Na zona leste fica outro estádio importante, foi em maio de 2014,  que o Sport Club Corinthians Paulista ganhou, enfim, um lugar para chamar de casa: a Arena Corinthians. O estádio corintiano possui quatro setores – Norte, Sul, Leste e Oeste –, com duas grandes arquibancadas laterais. No lado leste, há um enorme painel de LED, com 170 metros de largura e 20 metros de altura. Já no Oeste, há um painel de vidro formado por 1.350 peças, em uma área de 240 metros de comprimento por 30 metros de altura. Dois telões de 30m x 7,5m, os maiores do mundo em estádios de futebol, foram construídos acima dos setores Norte e Sul, que são projetados tanto para os torcedores dentro da casa do Timão como também para os que estão fora. Recentemente, a Arena Corinthians começou a oferecer a possibilidade de fazer uma visita monitorada que, por enquanto, está sendo realizada exclusivamente para os fiéis torcedores. Chamado pelo clube de “Arena Corinthians Experience”, o tour dá direito ao torcedor de conhecer os setores de acesso exclusivo de jogadores e funcionários, como a sala de aquecimento, o vestiário, o túnel de acesso ao gramado e o próprio gramado. Mais informações: www.fieltorcedor.com.br  Site Arena Corinthians Av. Miguel Ignácio Curi, 111 – Arthur Alvim, tel.: (11) 3152-4099.  O acesso ao estádio pode ser pelas estações Artur Alvim ou Itaquera.

Sesc Itaquera Foto: Divulgação

Sesc Itaquera
Foto: Divulgação

Sesc Itaquera

Uma das características mais marcantes dessa unidade é a grande área verde no local. Quadras poliesportivas, piscinas, teatro ao ar livre, espaços para leitura são apenas algumas das atrações, além das oficinas de cuidado ambiental. Em outubro, haverá apresentação de Celofane com Pequeno Teatro de Torneado de 9 a 23/10 e Orquestra de Cordas Infantojuvenil do Guri dia 23/10.A programação tem preços populares, algumas atrações gratuitas, associados tem descontos maiores. Confira a programação completa no site SESC Itaquera Avenida Fernando Espírito Santo Alves de Mattos, 1000 – Itaquera  (11) 2523-9200 Quarta a domingo e feriados das 9h às 17h. Para chegar lá é preciso descer na estação Itaquera e pegar um ônibus.

2015_03_05_fa_teatro_aazevedo_9

Teatro Muncipal da Mooca Artur de Azevedo

Inaugurado em agosto de 1952, o edifício do teatro é tombado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp). Foi recentemente reformado e sedia o Clube do Choro. Todo sábado tem Roda do Choro de 1 a 29 de outubro de 2016 às 18:00. Grátis. Em outubro, entrará em cartaz a peça 1924 – Revolução Esquecida, com a Cia. Ocamorana de Teatro. O espetáculo aborda as contradições pelas quais passaram os moradores da cidade de São Paulo em 1924, quando esta foi ocupada, entre os dias 5 e 28 de julho, por tropas tenentistas insatisfeitas com os desmandos da República Velha do presidente Arthur Bernardes. Como represália, o governo mandou bombardear a cidade e o principal alvo foi a população civil, pobre e imigrante. Site Teatro Municipal da Mooca Arthur Azevedo. Av. Paes de Barros, 955, Mooca, Zona Leste | tel. 2605-8007. De 20 a 22 de outubro, 21h. Dia 23, 19h. A programação é gratuita, algumas atrações é preciso retirar ingressos com antecedência. Para chegar ao teatro é preciso descer na estação Bresser e pegar um ônibus.

Conhece algum lugar bacana para acrescentar nesta lista? Comente aqui.

Foto destaque: Sesc Itaquera/Divulgação


Jornalista freelancer, com pós-graduação em comunicação organizacional, paulistana, ansiosa, gosta de tecnologia, de ler, de viajar,adora programas culturais, frequenta o Sesc etc. etc.

Comments

  1. René G Barreto Says: outubro 7, 2016 at 12:22 pm

    buenas, me desculpem, mas essa expressão “Leste Europeu” refere-se a uma invenção que atendia a critérios difusos disseminados pela Alemanha oriental à época da cortina de ferro e que não encontra respaldo nem fundamento histórico para existir de fato!

    Aviso aos navegantes quanto ao “Leste Europeu”:
    Alguns habitantes dos países pós-comunistas da Europa Central bem como dos países bálticos consideram frequentemente o termo Leste Europeu utilizado em relação aos países deles como pejorativo do ponto de vista cultural.
    O que tem muito a ver com o fato de este termo ter sido definido e usado por nacionalistas alemães dos séculos XIX e XX em relação a povos localizados a leste da Alemanha em contextos racistas; a Lituânia juntamente com a Letônia e a Estônia, integram os Países Bálticos. Seu território está situado na porção centro-norte da Europa. O que seria ao leste da Europa seria a felizmente extinta União Soviética. O termo “pejorativo” vêm principalmente pela história descrita acima. No Brasil temos um bairro (Vila Zelina) de maioria lituana, que ultimamente uma minoria quer caracterizá-lo como o Leste Europeu de São Paulo, o que não é verdade.

    • Patrícia Ribeiro Says: outubro 7, 2016 at 4:42 pm

      Obrigada pelo esclarecimento, René. Vou passar esta informação para nossa colaboradora que escreveu o texto. Mas tenho certeza que ela não quis desmerecer o bairro, muito menos as pessoas que nasceram nesta região. Continue acompanhando o blog. Sua opinião é importante para nós.

  2. Faltou o ceret que adoro, alem dad infinitas opçoēs de rwstaurantes e bares.

  3. Só uma observação. Não é “A Juventus” e sim “O Juventus”. A primeira se refere ao time italiano de Turim.

  4. Faltou o Planetário do Parque do Carmo!!

  5. Adorei as sugestões e a desconstrução dos preconceitos também! Incluiria ainda o Centro de Formação e Cultura da Cidade Tiradentes, um lugar incrivel, o maior centro cultural em área construída da América Latina!

    • Patrícia Ribeiro Says: novembro 14, 2017 at 8:57 pm

      Obrigada pela sugestão, Anelise.A ZL realmente é gigante, não conhecíamos este local. Vamos pesquisar. Obrigada e continue acompanhando o blog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *