5 razões para visitar o Templo Zu Lai em Cotia Agenda Cultural / bate e volta

Visitar o templo Zulai é visitar o Oriente sem tirar os pés de São Paulo. Localizado na cidade vizinha de Cotia, o lugar é um retiro espiritual e ponto turístico para quem deseja conhecer mais sobre a filosofia budista e contemplar o lugar, repleto de esculturas belíssimas de budas, jardins e templo. Quer mais pretextos para visitar o lugar? Veja abaixo.

O espaço é muito visitado por interessados no budismo e pela sua beleza Foto: Divulgação

O espaço é muito visitado por interessados no budismo e pela sua beleza
Foto: Divulgação

27/08 Passeio Templos de Cotia: Zu Lai e Odsal Ling

O blog Passeios Baratos em Sp em parceria com um agência de turismo promove um passeio especialmente criado para conhecer,  vivenciar e apreciar estes maravilhosos lugares de paz, harmonização e fé. Visita ao Templo Odsal Ling e Templo Zu Lai. Dia 27 de agosto. O passeio inclui transporte, guia de turismo, seguro-viagem e meditação guiada. R$ 90. Reservas: contato@passeiosbaratosemsp.com.br

1.Calma e tranquilidade

É o que encontrei nas duas vezes em que fui ao Templo Zu Lai. O templo fica em Cotia, uma cidade pertinho de São Paulo (30 km) e é considerado o maior santuário budista da América Latina. Não precisa ser budista para frequentar o local. E você consegue passar um dia inteiro lá, em um ambiente tranquilo e por que não, inspirador?

2.  Conhecimento

O Templo Zu Lai é um dentre muitos templos do Monastério Fo Guang Shan espalhados pelo mundo. Tem suas raízes no Budismo Maaiana, cuja tradição enfatiza que a natureza búdica está ao alcance de todos. Seus praticantes empenham-se em aplicar os ensinamentos do Buda no cotidiano, advindo daí a denominação de Budismo Humanista. Seu objetivo é propagar os princípios do Monastério Fo Guang Shan, divulgando o budismo e beneficiando a todos, através de quatro estâncias básicas da vida: Educação, Cultura, Ação Social e Prática Religiosa. Independente de sua religião, o templo é uma boa opção não só para os praticantes do budismo, mas também para quem tem curiosidade em conhecer um pouco mais sobre essa religião milenar cheia de simbolismos. Os funcionários são atenciosos e abertos a perguntas.

dsc_3879[2]

Jardim Templo Zu Lai é espaço para comtemplação Divulgação Arterra Turismo

3. Beleza

Assim que você entra no Templo já se depara com a grandeza e beleza do local. Há várias estátuas pelo caminho e os jardins são extremamente bem cuidados. Logo na entrada tem algumas estátuas de guerreiros em pedra sabão. Cada um tem um significado. Também na entrada tem uma linda estátua de Buda sentado. Uma versão dessa mesma estátua tem na parte interna, mas em tamanho bem maior.

4. Paz

O silêncio impera no templo. Os frequentadores respeitam e seguem as regras das cerimônias. Quando eu fui, pude participar de uma meditação orientada. O templo tem salas próprias preparadas para a prática da meditação (que ocorrem em horários marcados), além do salão principal, onde o público pode sentar em banquetas frente a uma enorme escultura de Buda e um belíssimo altar para fazer seu próprio ritual. Qualquer um pode praticar meditação. Se você nunca praticou pode ser uma boa oportunidade.

Estátuas budistas estão por toda parte Foto: Wikimedia

Estátuas budistas estão por toda parte
Foto: Wikimedia

5. Cultura

Além do local lindo para admirar e passear, o templo oferece diversos projetos de educação, palestras, cursos de meditação e da cultura budista, atividades voltadas à cultura, bibliotecas, curso de filosofia budista, um lindo museu de arte sacra e cerimônias. Se você tiver sorte, no dia de sua visita pode presenciar uma dessas cerimônias.No templo acontecem atividades regulares como aprendizado e prática da meditação, estudo regular do Budismo, aulas de chinês, Tai chi chuan, palestras e cursos.

O templo também tem uma intensa agenda cultural que engloba cerimônias e festividades durante todo o ano, além de cursos pagos de práticas orientais tradicionais, como meditação, ioga e tai chi chuan. Detalhes sobre turmas e as cerimônias oficias que ocorrem no tempo podem ser vistos no site.

Entrada_Templo_Zulai

Dicas práticas

Para entrar no Templo Zu Lai não precisa pagar, mas leve dinheiro. Restaurante, café e loja de lembranças não trabalham com cartões. Muita gente vai lá passar o dia: amigos, famílias que aproveitam o lindo jardim, o lago e também o amplo pátio do templo. Imponente, o templo conta com uma grande área externa que lembra um jardim de palácio oriental, além de salas de meditação, um altar principal e serviços básicos para receber visitantes, como estacionamento gratuito, café e restaurante que é uma delícia!

Aliás, cafeteria e restaurante merecem destaque importante. Sábados, domingos e feriados é servido um almoço oriental vegetariano, das 12h às 14h30. Por 30 reais (crianças pagam 22 reais), aproveita-se um bufê simples, porém gostoso e saudável, que tem pratos quentes e frios com tempero suave, todos preparados em uma cozinha à vista do público. Lembre-se: o local só aceita dinheiro.

Portal do templo Foto: Divulgação

Portal do templo
Foto: Divulgação

Regras de conduta:

Não é permitido trazer quaisquer bebidas e alimentos para o interior do templo, logo, também não são autorizados piqueniques;

Não trazer animais de estimação;

Não vir com roupas inadequadas (decotes, regatas e shorts);

Não fotografar nem filmar atividades e interior das salas sem autorização prévia;

Não fumar absolutamente em nenhum local do templo;

Não pegar nada que não tenha sido oferecido;

Não assumir posturas inadequadas nas dependências (deitar pelo pátio, debruçar-se nas muretas, estátuas e etc.);

Não manifestar contatos íntimos (beijos, abraços, carícias e etc.);

Não tocar nos instrumentos de darma;

Não fazer barulho e evite aglomeração na porta da sala principal (evite perturbar a concentração e o momento de oração dos praticantes

Como chegar:

Existem algumas opções para chegar ao templo.

TRANSPORTE PÚBLICO (LINHA COMUM DIÁRIA):

Desça na Estação Butantã do Metrô (Linha Amarela) dirija-se ao ponto de ônibus que fica atrás da estação (na Praça Waldemar Ortiz ). Utilize qualquer ônibus ou van com destino à Cotia e desça no quilometro 28,5 (ou 29) da Rodovia Raposo Tavares. Caminhe poucos metros no acostamento da via no sentido São Paulo até chegar à entrada da Estrada Fernando Nobre. Ande por cerca de 1461 metros na Fernando Nobre, o templo fica à esquerda. Esta caminhada, ao todo, leva a média de 20 minutos.

DE ÔNIBUS FRETADO (EXCLUSIVAMENTE AOS DOMINGOS, NAS IMEDIAÇÕES DA ESTAÇÃO LIBERDADE DO METRÔ):

O visitante contribui com o fretamento do ônibus, pagando a taxa de R$ 15,00 (por pessoa), dando direito de ida e volta  (São Paulo / templo Zu Lai e retorno). Ponto de partida: R. Dr. Rodrigo Silva, ao lado da loja Ikesaki próximo a Estação Liberdade do Metrô.

Como chegar de carro: consulte o mapa no Google

Horário da ida: 8h30 (Somente aos Domingos)

De onde sai na volta: Templo Zu Lai (Cotia).

Horário do retorno: 16h

Não é necessário agendar.

Horário de Funcionamento

NÃO ABRE de segunda-feira, mesmo que seja feriado.

Visitas de 3º a 6º feira das 12h às 17h.

Sábados, domingos e feriados das 9h30 às 17h.

Site Templo Zu Lai: Estrada Fernando Nobre, 1461. (Acesso pelo Km 28,5 da Rodovia Raposo Tavares). De terça a sexta feira, das 12h às 17h. Sábados, domingos e feriados, das 9h às 17h. Cerimônias dominicais, sempre às 10h. Grátis.

Um belo jardim e lago no Templo Zu Lai Foto: Divulgação

Um belo jardim e lago no Templo Zu Lai
Foto: Divulgação


Jornalista freelancer, com pós-graduação em comunicação organizacional, paulistana, ansiosa, gosta de tecnologia, de ler, de viajar,adora programas culturais, frequenta o Sesc etc. etc.

Comments

  1. 5 razões para visitar o Templo Zu Lai em Cotia – Passeios Baratos em São Paulo Sou Budista e estou indicando este site o Namoro Budista! Quem procura um amor ou amizades e é Budista, acesse http://www.namorobudista.com.br/ Fica a Dica Amigos!
    Relacionamento Budista http://www.namorobudista.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *