Polo-Ecoturismo-Rio-Capivari - José Cordeiro/SPTUris Agenda Cultural / É Grátis / História e Arte / Na natureza

São Paulo realmente não para de surpreender. Para evitar o circuito turístico tradicional, confira 10 opções de roteiros para conhecer na cidade, alguns com visitas guiadas, outros gratuitos. Tem passeios culturais, natureza, arte, cultura e história. Programe-se!

Polo-Ecoturismo_Parque-Borore-2_

Polo-Ecoturismo_Parque-Borore-2_

Área de Proteção Ambiental

Com Mata Atlântica intocada, passeios de escuna, cachoeiras, trilhas ecológicas e pousadas rurais, visitar uma Área de Proteção Ambiental, APA, é uma maneira de escapar da correria cosmopolita de São Paulo. Na APA Capivari-Monos, localizada no extremo sul da capital, é possível observar animais e plantas nativas, além de visitar as aldeias indígenas Tenondé, Porã e Krukutu. Também localizada no sul de São Paulo, é possível chegar à APA Bororé-Colônia de carro, metrô e trem combinados com ônibus. Lá, além da beleza natural, é possível conhecer a Asé Ylê do Hozoouane, sociedade beneficente afro-brasileira que tem, em seu espaço, ambientes dedicados aos Orixás, samba de roda e capoeira.

Os túmulos são verdadeiras obras de arte. Foto: Patrícia Ribeiro/ Passeios Baratos em SP

Os túmulos são verdadeiras obras de arte. Foto: Patrícia Ribeiro/ Passeios Baratos em SP

Cemitérios

O Cemitério da Consolação é o mais antigo de São Paulo e possui esculturas feitas entre os séculos XIX e XX. A obra de maior destaque se chama “É o Sepultamento” e foi premiada em 1923 pelo Salão de Outono de Paris. Tarsila do Amaral e a marquesa de Santos também estão enterradas lá. Outra opção para apreciar arte tumular é o Cemitério do Araçá, localizado na região das Clínicas, entre os bairros Pacaembu e Pinheiros. Inaugurado em 1887, os mausoléus, fortemente ornados com esculturas de influência cristã, são principalmente de tradicionais famílias da antiga elite cafeeira.

Museu das Invenções

Museu das Invenções – piano dobrável
Foto Divulgação

Museus Curiosos

Com peças como óculos para pingar colírio, palitos de dente com sabor e piano dobrável, o Museu Contemporâneo das Invenções, também conhecido como Inventolândia, preza pela criatividade. Localizado em Perdizes, é possível visitá-lo pagando R$ 10.

O Museu da Voz tem mais de 3.500 itens e só é possível visitá-lo aos sábados, na Praça Benedito Calixto, zona Oeste de São Paulo. Idealizado pelo jornalista aposentado Luiz Ernesto Kawall, dono das peças em exposição, é possível ter acesso a discos de vinil, fitas cassetes, CDs e DVDs com músicas antigas, declamações de poemas e gravações do canto dos pássaros.

Com mais de 500 peças, o Espaço Perfume Arte + História apresenta os quase cinco mil anos da história do perfume, sua relação com a moda e curiosidades sobre sua produção. Gratuito, o museu faz parte da Faculdade Santa Marcelina.

Casa Fora do Eixo. Foto: JonasTucci/ divulgação.

Fora do Eixo

Um coletivo que reúne 16 gestores de diferentes partes do país e está instalado no bairro da Liberdade, isto é o Fora do Eixo. A ideia é aprimorar, compartilhar e experimentar diferentes formas de fazer cultura. A programação é diversificada e os eventos vão desde palestras sobre sustentabilidade, até baladas e saraus organizados nos mais diversos espaços da cidade.

flores05-600x469

Ceagesp

O Entreposto Terminal São Paulo (ETSP), maior central de abastecimento de frutas, verduras, legumes, flores, pescados e diversos (alho, batata, cebola, coco seco e ovos) da América Latina, é também um ponto turístico na cidade de São Paulo, que atrai milhares de visitantes (empresários, turistas, pesquisadores, estudantes etc.).

Ao percorrer os seus 700 mil m²,  há a oportunidade de se conhecer melhor o local de onde sai a maior parte da produção que abastece mais de 60% da Grande São Paulo, além de outros estados e países. As visitas têm duração média de 90 minutos e são realizadas todas as 3ª, 4ª e 5ª feiras. No período da manhã elas podem ser agendadas das 8h30 até às 11h30. Já à tarde somente às 14h. Elas devem ser feitas em grupos de 10 a 30 pessoas. É agendado apenas um grupo por período (manhã e tarde). A visita ao Ceagesp pode ser individual ou então em grupos de 15 a 30 pessoas, informações podem ser obtidas através do e-mail visitas@ceagesp.gov.br.

Galerias de Arte alternativas


O Ateliê 397 está localizado na Vila Madalena e, fundado em 2003, tem como objetivo unir o fazer e a exposição de peças de artes plásticas contemporâneas. O local conta com cursos voltados para a arte e uma lojinha. Outra opção é a Casa da Xiclet, que funciona a partir das 14h, na Rua Fradique Coutinho. Lá, as obras contemporâneas são expostas até no banheiro e, em algun casos, a dona da galeria se surpreende ao ver algumas peças, já que os visitantes podem deixar suas criações pelos cômodos da casa. 

Capela do Cristo Operário Foto: Docian Shopikov

Capela do Cristo Operário
Foto: Docian Shopikov

Capela do Cristo Operário

Escondida sob as árvores da Rua Vergueiro, 7290, a Capela do Cristo Operário guarda segredos modernistas. Com quatro vitrais pintados por Alfredo Volpi e pia batismal projetada por Elisabeth Nobiling, a capela, erguida na década de 50, abre as portas para o público somente nas missas de sábado, às 19h e domingo, às 8h30.

BM&F BOVESPA - data: 06/10/2009 - Fotos do Espaço BM&F BOVESPA. Foto: Luiz Prado / LUZ

BM&F BOVESPA – data: 06/10/2009 – Fotos do Espaço BM&F BOVESPA. Foto: Luiz Prado / LUZ

Bolsa de Valores

Dá para conhecer a BM&BOVESPA com visitas guiadas e gratuitas. Com o objetivo de mostrar como a Bolsa funciona na prática, o passeio é rico em informações sobre o mercado de ações. Com atrações como cinema 3D e Mesa de Operações, as visitas podem ser feitas individualmente ou em grupos de 20 a 60 pessoas, e acontecem de segunda a sexta, das 9h às 17h.

Casa Guilherme de Almeida

Casa Guilherme de Almeida

Casa Guilherme de Almeida

Jornalista, tradutor, poeta e ensaísta, Guilherme de Almeida participou da Semana de Arte Moderna de 1922, desenhou, ao lado de José Washt Rodrigues, o brasão da cidade de São Paulo e lutou na Revolução Constitucionalista de 1932. A casa onde ele morou na Rua Macapá, 187, hoje abriga o acervo completo do escritor. É possível ver 520 obras de arte, mais de cinco mil itens, entre cartas, periódicos e fotografias, além de cerca de seis mil volumes de livros, entre eles as primeiras edições autografadas de Oswald de Andrade e Manuel Bandeira.

Casarão do Vinil Divulgação

Casarão do Vinil
Divulgação

Casarão do Vinil

Este casarão fica na região da Mooca e é um dos passeios alternativos em São Paulo indicados para quem ama LP’s. Além dos vinis, o Casarão do Vinil também tem uma exposição impressionante de compactos, discos de 78 rotações, livros e gibis que preservam histórias da música.

Serviço:

APAS
Capivari-Monos: 
Como chegar: de carro, o principal acesso é a Avenida Sadamu Inoue. A partir do centro de Parelheiros pode-se acessar a APA via Estrada de Engenheiro Marsilac, até o bairro de Engenheiro Marsilac, ou via Estrada da Colônia, até a Estrada da Barragem. Outros acessos possíveis são via Embu-Guaçu, pelo distrito de Cipó e por São Bernardo do Campo e pela Estrada do Rio Acima, uma via de terra muito utilizada que interliga a região da Barragem com o km 37 da Rodovia dos Imigrantes.

Boboré-Colônia: Como chegar: de carro: Seguir em direção centro-bairro da Av. 23 de Maio em direção à Av. Interlagos. Continuar pela Av. Senador Teotônio Vilela. A partir desse ponto existem duas opções, uma é virar à esquerda na Av. Dona Belmira Marin e continuar nela até chegar à primeira balsa da Ilha do Bororé e acessar a APA pela região do Bororé. A outra opção para chegar à APA é continuar pela Av. Senador Teotônio Vilela, seguir pela Av. Sadamu Inoue, no fim da mesma deve-se virar à esquerda na Estrada de Colônia e seguir até o Terminal Parelheiros, por onde se acessa a APA via o bairro de Colônia. Metrô/ônibus: Na Estação Vila Mariana do metrô, pegar o ônibus Terminal Parelheiros para acessar a APA via o bairro de Colônia. Para chegar à APA via o Bairro do Bororé, descer na estação de trem Grajaú e pegar o ônibus Ilha do Bororé (6L11-10) até a primeira balsa. Trem/ônibus: Trem até a Estação Grajaú, e depois há duas opções, uma pegando o ônibus Ilha do Borore (6L11-10) e descer na primeira balsa. A segunda opção é andar da estação de trem Grajaú até a Av. Senador Teotônio Vilela, 5402 e pegar o ônibus Terminal Parelheiros (6000-10).
Tel.: (11) 5925-1835 ou 5925-2736

Cemitério da Consolação
Dias de visitação guiada: terças e sextas.
Horário das visitas monitoras: das 9h às 14h.
Horário de funcionamento: de segunda a domingo, das 7h às 18h.
End.: Rua da Consolação, 1660 – Consolação.
Grátis.
Tel.: (11) 3256-5919.

Cemitério do Araçá
Horário de funcionamento: das 8h às 18h.
End.: Avenida Doutor Arnaldo, 666 – Cerqueira César.
Grátis.
Tel.: 3256-6486.

Museu Contemporâneo das Invenções (Inventolândia)
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 10h às 17h.
End.: Rua Doutor Homem de Mello, 1109 – Perdizes.
Preço: R$ 10.
Tel.: (11) 3873-3211.
www.museudasinvencoes.com.br

Museu da Voz
Horário de funcionamento: sábados, das 9h às 19h.
End.: Praça Benedito Calixto, s/nº – Pinheiros.
Grátis.
Tel.: (11) 5181-2259.

Espaço Perfume Arte + História
Horário de funcionamento: terça, quarta, sexta e sábado, das 10h às 18h. Quintas, das 10h às 20h e domingos, das 12h às 18h.
End.: Rua Doutor Emilio Ribas, 110 – Perdizes.
Grátis.
Tel.: (11) 2361-7728.

Fora do Eixo
End.: Rua Scuvero, 282 – Liberdade.
Tel.: (11) 4304-1537.
www.casa.foradoeixo.org.br

Ceagesp
Horário de funcionamento: varia conforme a feira.
End.: Av. Dr. Gastão Vidigal, 1946 – Vila Leopoldina.
Grátis.
Tel.: (11) 3643-3700
www.ceagesp.gov.br

Ateliê 397
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 14h às 19h.
End.: Rua Wisard, 397 – Vila Madalena.
Preço: varia conforme exposição.
Tel.: (11) 3034-2132.
www.atelie397.com

Casa da Xiclet
Horário de funcionamento: de quarta a sexta, das 14h às 20h e finais de semana, das 14h às 18h.
End.: Rua Fradique Coutinho, 1855 – Pinheiros.
Preço: varia conforme exposição.
Tel.: (11) 2579-9007.

Capela do Cristo Operário

Horário de funcionamento: sábados, a partir das 19h e domingos, a partir das 8h30.
End.: Rua Vergueiro, 7290 – Liberdade.
Grátis.
Tel.: (11) 5062-5520.

Bolsa de Valores
Horário das visitas: de segunda a sexta, das 9h às 17h (exceto quando estiver ocorrendo evento de mercado).
End.: Praça Antônio Prado, 48 – Sé.
Grátis.
Tel.: (11) 2565-6826.
www.bmfbovespa.com.br

Casa Guilherme de Almeida
Horário de funcionamento: terça a domingo, das 10h às 18h.
End.: Rua Macapá, 187 – Perdizes.
Preço: varia conforme a programação.
Tel.: (11) 3672-1391.
www.casaguilhermedealmeida.org.br

Casarão do Vinil

End: Rua dos Trilhos, 1212 – Mooca, São Paulo

Texto publicado no site: http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/noticias/3604-conheca-10-passeios-inusitados-em-sao-paulo

Foto destaque: Rio Capivari Monos – José Cordeiro/SPTuris


Meu nome é Patrícia Ribeiro. Sou formada pela Faculdade Cásper Líbero e já trabalhei como editora e repórter em revistas, jornais, sites e em assessoria de imprensa. Adoro contar histórias, sou curiosa e gosto de ouvir as pessoas. Como gosto de viajar, acabei escrevendo muitas reportagens de viagens e turismo e produzi guias de viagem nacionais e internacionais. Adoro a vida cultural da cidade e descobrir lugares novos. Resolvi aliar o que eu gosto do que faço no meu tempo livre neste blog e compartilhar minhas dicas com moradores e visitantes.

Comments

  1. Patricia, São Paulo é realmente surpreendente!

    Também sou blogueira de viagem e gosto muito de escrever sobre Sampa! O bom é que cada um tem uma forma de vê-la e senti-la, o que só enriquece. Quanto mais pessoas promoverem nossa cidade, melhor é!

    Vi que você também promove passeios, legal! Quem sabe um dia nos vemos em um deles 😉

    bjs e sucesso em seu belo trabalho

    • Patrícia Ribeiro Says: fevereiro 10, 2017 at 2:03 pm

      Oi, Simone. Visitei o seu blog. Muito legal também. Sim, promovo walking tours por São Paulo e passeios de um dia aos arredores. Vem passear com a gente e pode escrever um post contando como é. Sucesso e parabéns pelo blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *