Casa Godinho
Foto: FromSPtoYou Onde comer

São Paulo é uma cidade moderna, com dezenas de restaurantes e bares contemporâneos de se tirar o chapéu. Mas onde começou essa tradição paulistana de excelência na cozinha? Separamos aqui cantinas italianas, sorveterias, docerias e padarias que deram o pontapé inicial nessa jornada gastronômica e até hoje fazem muito sucesso na capital. Clique no nome do restaurante para saber mais.

sanduíche universitário Padaria Santa Tereza Divulgação

sanduíche universitário
Padaria Santa Tereza
Divulgação

PadariaSanta Tereza 

Hoje uma instituição respeitada da cidade, a “padoca” nasceu em 1872 quando a Santa Tereza abriu as suas portas. Pioneira no país, o local tem na coxa-creme, um dos segredos mais bem guardados da história brasileira, o destaque de sua cozinha.

carlino3

Carlino possui ambiente típico de uma cantina italiana. Foto: Divulgação.

Carlino Ristorante

O restaurante italiano é o mais antigo da cidade! Aberto em 1881, já mudou de endereço algumas vezes, mas sempre se manteve pela região central de São Paulo. Aposta na tradição culinária e na simpatia para atrair clientes.

Casa Godinho

O empório português mantém, ainda hoje, a arquitetura original da loja. Fundada em 1888, mudou para o atual endereço em 1923. Também localizado no Centro, o grande trunfo da casa são as empadas recheadas.

casa-godinho-melhor-empada-de-sp-01

 

Casa Godinho vende uma das melhores empadas da cidade desde 1888. Foto: Divulgação.

Padaria Italianinha

Padaria Italianinha

Italianinha

Localizado no Bixiga, a padaria que começou vendendo pães italianos lá em 1896 ainda utiliza o mesmo forno do dia da sua inauguração. Lá também é possível encontrar produtos importados, queijos variados e boas histórias de épocas passadas.

Padaria 14 de Julho

Padaria 14 de Julho

 

Espaço da 14 de Julho remete à decoração tradicional italiana. Foto: Divulgação.

14 de Julho

A padaria, fundada no dia 14 de julho de 1897, era outra que apostava em receitas clássicas de família para fabricar seus pães italianos. Além da receita tradicional, a casa ainda oferece a versão recheada.

123-sorvete-alaska

Que tal deixar a sobremesa por conta da sorveteria Alaska? Foto: Divulgação.

Alaska Sorveteria

Localizado no Paraíso, a sorveteria que foi aberta em 1910, possui uma enorme variedade de sabores e tamanhos. As massas de sorvete, feitas artesanalmente, vem tanto na versão mais pura, copinho e sorvete, ou em versões caprichadas, como o clássico banana Split. O local funciona todos os dias e abre às 9h para fecha só depois das 23h. Para maiores informações, ligue (11) 3889-8676. R. Dr. Rafael de Barros, 70, Paraíso.

São Domingos

Outra padaria localizada no Bixiga, a São Domingos abriu em 1913 e segue a fórmula pão italiano de qualidade, receitas familiares e a antiga carroça que fazia as entregas no começo do século passado.

basilicata3

Basilicata é uma das padarias que ainda seguem a receita original de seu pães. Foto: Divulgação.

Basilicata Divulgação

Basilicata
Divulgação

Basilicata

Em 1914 abriu, também no bairro do Bixiga, a Basilicata. Com receitas da região do sul da Itália que dá nome ao local, de doces e pães tradicionais, a casa se mantém como uma das principais padarias do bairro.

Rei do Filet

A casa é uma referência na cidade quando o assunto é carne. Com filés generosos, de até 490g, o local faz sucesso desde 1914 e já passou por algumas mudanças de nome até se tornar o Rei. Hoje, conta com duas unidades para atender a clientela.

12540776_1119152748103162_1237756187140184511_n

Rei do Filet server porções generosas. Foto: Divulgação.

Texto original publicado no site http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/noticias/5086-conheca-os-restaurantes-mais-antigos-da-cidade

Foto destaque: empada da Casa Godinho. Foto: FromSPtoYou

 


Meu nome é Patrícia Ribeiro. Sou formada pela Faculdade Cásper Líbero e já trabalhei como editora e repórter em revistas, jornais, sites e em assessoria de imprensa. Adoro contar histórias, sou curiosa e gosto de ouvir as pessoas. Como gosto de viajar, acabei escrevendo muitas reportagens de viagens e turismo e produzi guias de viagem nacionais e internacionais. Adoro a vida cultural da cidade e descobrir lugares novos. Resolvi aliar o que eu gosto do que faço no meu tempo livre neste blog e compartilhar minhas dicas com moradores e visitantes.

Comments

  1. A casa Mathilde foi a aberta em SP faz poucos anos, 1850 é quando foi aberta em Sintra. Sendo que a original também fechou em Sintra. A informação consta no próprio site da loja. Ou seja ela é nova.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *