Conheça restaurante taiwanês escondido na Liberdade Onde comer

O Sweet Heart é um restaurante pequeno, sem luxo nenhum, escondidinho numa rua sem saída na Liberdade, mas tem uma das comidas mais gostosas do bairro. E melhor, uma das mais baratas também.

Eles servem comida taiwanesa, mas o menu tem algumas coisas bem comuns para quem conhece a culinária chinesa, como yakissoba, rolinho primavera e guioza. O cardápio traz ainda a foto de alguns pratos diferentes, o que facilita para quem quer ter certeza do que vai pedir. Por outro lado, alguns pratos nem mesmo estão listados, como é o caso das linguiças adocicadas, que custam R$5 e são uma delícia, mas a gente só descobriu porque vimos outras pessoas comendo.

Peça as linguiças adocicadas de entrada Foto: Jonas Dias

Esse restaurante é o nosso lugar preferido na Liberdade, não só pelo preço super camarada (nunca gastamos mais de uns R$35 para os dois), mas porque eles têm opções mais leves do que a maioria dos restaurantes chineses da região.

O QUE É

Os pedidos são feitos à la carte, mas eles não cobram serviço. Há várias opções de sopas, pratos com arroz, carnes, massas, lámen, frituras e frutos do mar. Apesar de não estarem no cardápio, é só pedir que eles fazem versões vegetarianas da maioria dos pratos, basta pedir.

Sopa de legumes: gostosa e nutritiva Foto: Jonas Dias

Sopa de legumes: gostosa e nutritiva
Foto: Jonas Dias

Nosso pedido é sempre o mesmo: linguicinhas (R$5) para a Lígia, uma sopa de legumes para cada (também R$5 cada) e um prato de Yakibifum para dividir. O yakibifum é parecido com o yakissoba, mas é feito com o bifum, um macarrão bem fininho de arroz. Esse do Sweet Heart vem com legumes, broto de feijão, cogumelos e tofu, e sem molho, diferente da maioria que vem com aquele molho característico do yakissoba. O prato é grande, custa R$17 e, pelo menos para nós, serve duas pessoas sem problema, depois das linguiças e das sopas. Lembrando que não há versão vegetariana no cardápio, então é preciso pedir especialmente, mas eles fazem sem problema.

Algumas vezes o restaurante está cheio, mas é raro não ter mesas disponíveis, apesar de ter pouco espaço. Ah, e se você for à Liberdade especialmente para comer lá, é bom ligar e checar se está aberto, pois eles tiram férias coletivas e o restaurante costuma ficar fechado algumas semanas por ano.

Ambiente simples e preços bons no Sweet Heart Foto: Jonas Dias

Ambiente simples e preços bons no Sweet Heart
Foto: Jonas Dias

O que mais gostamos: Sinceramente, é difícil escolher um prato só, todos que já comemos por lá estavam muito gostoso. Mas o yakibifum, que é bem leve e bem recheado, ganha o posto de prato preferido. Ah, e claro, o preço é o melhor da Liberdade (onde a maioria dos restaurantes tem preços bons).

Serviço

Sweet Heart Restaurante Taiwanês – Rua dos Aflitos, 26 – Essa rua é uma travessa da rua dos Estudantes, e fica a um quarteirão da estação Liberdade do metrô.   Eles não abrem as segundas. De terça a sexta das 11h as 19h. Sábados 11h as 18:30h e domingos 11h as 17:30h.

O serviço é à la carte e quase nenhum prato passa dos R$30. Dá para comer super bem por até R$20. Aceitam cartão apenas de débito.

A página do Facebook deles tem mais informações, clique aqui para visitar.

O Yakibifum é uma versão mais leve do yakissoba Foto: Jonas Dias

O Yakibifum é uma versão mais leve do yakissoba
Foto: Jonas Dias

Sopa de legumes é uma boa opção para vegetarianos Foto: Jonas Dias

Sopa de legumes é uma boa opção para vegetarianos
Foto: Jonas Dias


Damos aulas particulares de Inglês, fazemos traduções e somos criadores de conteúdo. Curta a nossa fanpage https://www.facebook.com/jonaseligia

Comments

  1. Adriana Sayuri Says: outubro 5, 2016 at 7:15 am

    O restaurante é limpo? Recentemente a vigilância sanitária fechou alguns restaurantes chineses.
    Falam português?
    Servem dim sum?

    • Patrícia Ribeiro Says: outubro 5, 2016 at 12:23 pm

      Adriana, a colaboradora Lígia que escreveu o texto responde suas dúvidas: “O restaurante é aparentemente limpo, senão não iríamos. É frequentado por muitos brasileiros também. Sim, eles falam português e o cardápio é em português também. Não sei o que é dim sum. Espero ter ajudado.”

  2. Opa, mais um pra lista pra eu conhecer!!!
    Obrigada pela dica 😀

  3. Olá, fui conhecer o restaurante essa semana e realmente é muito bom! Obrigada pela dica. Vale a pena resaaltar que agora eles aceitam cartão de débito. E os horários de funcionamento mudaram. Eles não abrem as segundas. De terça a sexta das 11h as 19h. Sábados 11h as 18:30h e domingos 11h as 17:30h.

  4. Natalia Oliveira Says: julho 27, 2017 at 4:35 pm

    Faz muitos anos que frequento esse restaurante, antes ele ficava bem localizado na rua dos estudantes, mas depois se mudou pra um lugar pertinho, porém bem escondido. E mesmo assim consegue sempre está bem frequentado, a comida é maravilhosa, e os donos são extremamente simpaticos, ambiente bem familiar, e acho que os pratos agradam bem o paladar brasileiro, pois as comidas não são tão oleosas quanto outros restaurantes orientais. Unica critica que faço é que da ultima vez que fui lá eles ainda só aceitavam dinheiro, falta colocar maquininha de cartão para ser perfeito.

    • Patrícia Ribeiro Says: julho 27, 2017 at 6:10 pm

      Que bom que gostou, Natalia. É bom ter a opinião de uma cliente e como já faz um tempo que eles foram lá, você já atualizou as informações. Realmente o único defeito é não aceitar cartão. Obrigada e continue acompanhando o blog.

  5. Talita Yung Says: setembro 4, 2017 at 8:09 am

    Só pelo PÉSSIMO atendimento, não vale a pena.
    Atendentes rudes, vc faz uma pergunta e é respondido com extrema grosseria!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *