Explore as praias semidesertas de Iporanga, Praia das Conchas e São Pedro bate e volta / Viagens por aí

Este ano, aproveitamos as férias para conhecer algumas praias do litoral sul, com fama de serem ainda quase desertas, bonitas e selvagens! E desta vez, tivemos a oportunidade de conhecer três praias no Guarujá, que são exatamente assim!

Praia do Perequê: após esta praia, é só seguir e estrada até o condomínio Iporanga

Praia do Perequê: após esta praia, é só seguir e estrada até o condomínio Iporanga

Estas três praias ficam dentro de um condomínio fechado de alto padrão, chamado Iporanga, que está localizado a 25 km do centro do Guarujá, após a praia do Perequê. O acesso é limitado para visitantes a uma quantidade específica de carros (130 carros por dia) para garantir a preservação do meio ambiente. Então, o recomendado é chegar muito cedo, já que o acesso é feito por ordem de chegada. Cada carro recebe um cartão com o número da vaga e, quando sair, devolve.

O acesso às praias é feito por pequenas trilhas dentro do condomínio, cercadas de verde

Dentro da Serra do Guararu, estas praias e suas belezas naturais, o verde, a areia branca e a água límpida do mar, podem ser apreciados pelos moradores do condomínio e visitantes!

– Praia das Conchas: a menorzinha, mas em nossa opinião, a mais bonita! A areia é mais grossa e super fofa, além de ter muitas conchas. O que mais gostamos é a ausência de ondas e a piscina natural que se forma em meio às pedras, do lado esquerdo! É uma boa pedida para quem busca tranquilidade e belas paisagens!

Praia das Conchas: no canto esquerdo, em volta às pedras, uma piscina natural! Linda!

Praia das Conchas: no canto esquerdo, em volta às pedras, uma piscina natural! Linda!

Selvagem, quase deserta, linda!

Selvagem, quase deserta, linda!

Mar calmo, com poucas ondas e água super limpa!

Mar calmo, com poucas ondas e água super limpa, cheia de peixinhos!

– Praia São Pedro: igualmente linda! Areia fofa, branca e fina, temperatura agradável do mar, tranquila e um pouco mais extensa que a praia das Conchas. Nesta o mar tem bastante ondas.

Acesso para a praia de São Pedro, linda!

Acesso para a praia de São Pedro, linda!

Esta tem mais ondas e mar mais agitado!

Esta tem mais ondas e mar mais agitado!

Linda!

Linda!

– Praia de Iporanga: mais cheia que as outras duas praias por conta da cachoeira que existe no local! A cachoeira é feita por uma estrutura de pedra que traz a água do rio para se juntar com a água do mar. É a mais badalada das três e, por isso, a mais cheia. No local tem um bar na cachoeira, porém, só pode ser frequentado pelos proprietários do condomínio.

Em Iporanga, a cachoeira

Em Iporanga, a cachoeira

No canto esquerdo, onde tem a cachoeira, o rio se junta com o mar

No canto esquerdo, onde tem a cachoeira, o rio se junta com o mar

Dica: Não se esqueça de levar seus itens de consumo, já que estas praias não contam com ambulantes e nem quiosques. Não deixe também de levar sacolas plásticas para guardar o seu lixinho.

Outra dica: o estacionamento é numerado e gratuito. E no próprio estacionamento, tem banheiros, bebedouro e duchas para os visitantes. É bem seguro e estruturado!

Post original publicado no site Passeios da Dea: neste blog pretendo reunir e unir três coisas que amo: passeios, viagens e boa gastronomia! Eventualmente, teremos também edições especiais, com dicas e roteiros de viagens nacionais e internacionais. Dea Figueiro é casada com um grande companheiro para todas as venturas, é supervisora editorial, e grande amante de passeios, restaurantes, bares e viagens de todos os estilos

Foto destaque: praia de Iporanga, wikimedia commons


Meu nome é Patrícia Ribeiro. Sou formada pela Faculdade Cásper Líbero e já trabalhei como editora e repórter em revistas, jornais, sites e em assessoria de imprensa. Adoro contar histórias, sou curiosa e gosto de ouvir as pessoas. Como gosto de viajar, acabei escrevendo muitas reportagens de viagens e turismo e produzi guias de viagem nacionais e internacionais. Adoro a vida cultural da cidade e descobrir lugares novos. Resolvi aliar o que eu gosto do que faço no meu tempo livre neste blog e compartilhar minhas dicas com moradores e visitantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *