Faça uma visita monitorada na exposição “Sou Fujimoto – Futuros do Futuro” no Japan House Agenda Cultural / História e Arte

Você já fez uma visita guiada na Japan House? Tem que ir! Aproveite que a exposição “Sou Fujimoto – Futuros do Futuro” foi prorrogada até o dia 25 de fevereiro e passe por essa experiência. A Japan House foi inaugurada em maio de 2017 e já se tornou um dos espaços queridinhos da cidade.

O monitor mostra detalhes que não conseguiríamos perceber sozinhos
Foto: Sueli dos Santos

Localizada no comecinho da Avenida Paulista, o prédio já chama atenção: a fachada é composta de madeiras centenárias trazidas do Japão e faz parte da criação assinada por Kengo Kuma especialmente para o prédio da Japan House, um instituto que foi criado para difundir a cultura contemporânea do Japão.

Passeios Baratos em São Paulo fez uma visita guiada na exposição “Sou Fujimoto”. Fazer esse tipo de visita é bastante enriquecedor porque o guia conta detalhes da obra do artista que talvez você tivesse dificuldade em perceber sozinho. Essa é a primeira vez que o espaço oferece visita nesse formato (tomara que aconteça para as exposições futuras).

Exposição Sou Fujimoto
Foto: Sueli dos Santos

A exposição

Sou Fujimoto é um arquiteto premiado e reconhecido internacionalmente. Ele tem um entendimento peculiar do espaço e procura questionar as ambiguidades e explorar o ambiente em que está inserido. A mostra que está na Japan House está montada de forma a se observar e entender o processo criativo dele.

A exposição está dividida em duas partes. No térreo, a mostra é chamada de “A arquitetura está em todos os lugares” e mostra o resultado de algumas experiências e processos criativos que trabalham com objetos do cotidiano. Parece arte minimalista e você pensa “como isso vai virar um edifício ou qualquer outra coisa?”. A guia destrincha o objetivo do arquiteto e convida o visitante a observar a obra de perto, de ângulos diferentes e desperta a curiosidade: “vocês acham que são apenas caixinhas de fósforos sobrepostas? No segundo andar vamos ver como ele desenvolveu a ideia”.

Exposição fica em cartaz até 25 de fevereiro
Foto: Sueli dos Santos

E a visita continua. Grampos de papel, esponjas, pregos, palha de aço e bolas de pingue-pongue. “Vamos subir? Alguém precisa de elevador?”. E lá vai Raquel Cutin, a monitora que nos acompanha na viagem orientar os visitantes que precisam de elevador. Os demais seguem pela escada.

No segundo andar estão expostas maquetes em projetos do arquiteto nipônico. Alguns já foram executados, outros, em projeto. A arquitetura de Fujimoto é criativa, poética e tenta aproximar as pessoas. É meio que “você decide o uso”.

De maquete em maquete, a monitora vai relacionando as peças vistas embaixo com o que se vê no segundo andar. “Lembram daquelas caixinhas de fósforo empilhadas?”, pergunta. E assim visitar a exposição fica mais fácil e bem mais próximo quando entendemos a proposta do artista. Visita guiada vale muito a pena!

As maquetes mostram os detalhes
Foto: Sueli dos Santos

SERVIÇO:

Exposição “Sou Fujimoto” na Japan House até o dia 25 de fevereiro. Horário de funcionamento: de terça a sábado, das 10h às 22h |domingos e feriados, das 10h às 18h. Visita monitorada acontece às terças, quintas e sextas-feiras. Às quartas-feiras tem oficina para as crianças com materiais recicláveis. Confira a programação:

VISITAS GUIADAS:
Às terças, quintas e sextas-feiras
Horários: 11h, 15h e 19h
Grupos de até 20 pessoas

OFICINAS:
Às quartas-feiras, 11h, 15h e 19h

Faixa etária (manhã e tarde): 05 a 12 anos
Faixa etária (noite): a partir de 12 anos
Entrega de senhas 15 minutos antes da atividade.
Crianças de até 12 anos devem estar acompanhadas dos pais ou responsáveis.

Quanto: grátis

Os visitantes apreciam a exposição Sou Fujimoto
Foto: Sueli dos Santos

A Japan House fica a poucos metros do Metrô Brigadeiro (Linha Verde), provavelmente a forma mais rápida de chegar ao local, e há diversas linhas de ônibus que passam pela avenida Paulista e a rua Treze de Maio. Há estacionamento terceirizado no subsolo. Avenida Paulista, 52 | Tel.: 11/ 3090-8900


Jornalista freelancer, com pós-graduação em comunicação organizacional, paulistana, ansiosa, gosta de tecnologia, de ler, de viajar,adora programas culturais, frequenta o Sesc etc. etc.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *