Sopa de cebola gratinada Onde comer

 

A temporada 2017 do Festival de Sopas Ceagesp se estende até 27 de agosto. Em sua 9ª edição, um dos eventos gastronômicos mais conhecidos do inverno paulista, o festival oferecerá semanalmente seis tipos de sopas, incluindo a famosa Sopa de Cebola, sucesso na cidade há mais de 50 anos.

Sopa de Bacalhau - Foto de Eduardo Bacani

Sopa de Bacalhau – Foto de Eduardo Bacani

O cardápio de 19 a 23 de julho terão  sopa de rabada com agrião, creme de abobrinha com limão siciliano, confite de frango com legumes, sopa de bacalhau à fiorentina e as famosas Sopas de Cebola e Sopa de Cebola Gratinada. Novos sabores entram para o cardápio nas semanas seguintes, mas as sopas de cebola permanecem fixas até o final do festival.

Sopa de Rabada Foto: Eduardo Bacani

Sopa de Rabada
Foto: Eduardo Bacani

Neste ano, o valor que dá direito a tomar todas as sopas quantas vezes quiser é de R$ 38,90 por pessoa. As bebidas, as sobremesas e os itens da mesa de antepastos são cobrados à parte.

O evento funcionará de quarta a domingo no Espaço Gastronômico Ceagesp. O horário de quarta, quinta e domingo será das 18h até meia-noite. Às sextas e sábados, o festival funcionará até 1h da manhã.

A entrada é pelo Portão 4 da Ceagesp, que fica na av. Dr. Gastão Vidigal, altura do nº 1.946, na Vila Leopoldina, Zona Oeste de São Paulo. O estacionamento fica no mesmo local e tem preço fixo especial de R$ 10 para quem for ao evento.

Assim como nos outros anos, o festival terá uma mesa de antepastos (cobrados à parte), além de carta de vinhos de várias nacionalidades. Também cobrados à parte, os refrigerantes, sucos e opções de sobremesas, entre as quais o famoso Merengue de Morango, e o popular cafezinho.

O Festival, que já caiu no gosto dos paulistanos, também faz parte do calendário gastronômico de inverno da cidade de São Paulo. No ano passado, milhares de pessoas experimentaram os mais de 40 tipos diferentes de sopas servidas junto com as tradicionais sopas de cebola. E neste ano, a expectativa é de mais sucesso.

Festival de Sopa Ceagesp Foto Divulgação

Festival de Sopa Ceagesp
Foto Divulgação

Sabor de tradição

O Festival de Sopas Ceagesp foi criado em 2009 durante as comemorações dos 40 anos da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo. O sucesso e a aprovação foram tão grandes que se tornou um evento anual e um dos festivais mais aguardados pelo público nos meses de inverno. Por trás desse sucesso está o resgate da receita da famosa Sopa de Cebola, que era servida no antigo Ceasa, atual Ceagesp, do final da década de 1960 a meados dos anos 1970.

Naquela época, o prato ficava no cardápio do antigo restaurante Ceasa e era consumido por funcionários, comerciantes e compradores que trabalhavam no entreposto. De tão boa e revigorante, a Sopa de Cebola ganhou fama na cidade, muito carente, à época, de locais que servissem comida na madrugada.

Desde o fechamento do antigo restaurante, o sabor daquele prato, que aquecia as madrugadas frias da então “terra da garoa”, permaneceu na memória dos paulistanos. Por isso, pelo nono ano consecutivo, o Festival de Sopas Ceagesp traz de volta essa tradição, juntamente com dezenas de outros sabores que, também, conquistam, a cada ano, o prestígio de milhares de pessoas que frequentam o evento.

 

Serviço

FESTIVAL DE SOPAS CEAGESP 2017

  • Quando: De 3 de maio a 27 de agosto (quarta a domingo)
  • Horários: Quarta, quinta e domingo, das 18h à meia-noite. Sexta e sábado, das 18h à 1h
  • Onde: No Espaço Gastronômico Ceagesp
  • Endereço: Portão 4 (Av. Dr. Gastão Vidigal, altura do nº 1.946 – Vila Leopoldina)
  • Estacionamento: R$ 10 (Portão 4)

Com informações da assessoria de imprensa


Meu nome é Patrícia Ribeiro. Sou formada pela Faculdade Cásper Líbero e já trabalhei como editora e repórter em revistas, jornais, sites e em assessoria de imprensa. Adoro contar histórias, sou curiosa e gosto de ouvir as pessoas. Como gosto de viajar, acabei escrevendo muitas reportagens de viagens e turismo e produzi guias de viagem nacionais e internacionais. Adoro a vida cultural da cidade e descobrir lugares novos. Resolvi aliar o que eu gosto do que faço no meu tempo livre neste blog e compartilhar minhas dicas com moradores e visitantes.

Comments

  1. Barbara Alves Says: junho 22, 2017 at 6:48 am

    Tem sopas vegetarianas????? Ou todas as preparações tem carne?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *