Identidade SP cria personalidade para cada bairro de São Paulo Compras / São Paulo Melhor

Para cada bairro, uma história, um símbolo.  O casal Pedro Campos e Stella Curzio criaram um projeto que dá personalidade para cada bairro da cidade: Identidade SP.  Já foram criados logotipos para 45 bairros, ao  todo serão cerca de 450 bairros de São Paulo.  “Nosso objetivo é criar ou fortalecer o elo entre as pessoas e seus bairros, despertando o sentimento de zelo, contribuindo para a divulgação da história, preservação de patrimônios e das tradições dos bairros paulistanos, valorizando o aspecto cultural da cidade, “ afirma Pedro Campos.

canecas e camiseta

Os logotipos já tem filhotes. Agora eles contam com uma loja virtual que comercializa camisetas de tecido pet e canecas brancas e pretas que representam dia e noite também com os logotipos estampados.

Para complementar o projeto, Stella criou a Websérie no Youtube! Cada episódio do programa é elaborado, dirigido e apresentado por ela, que vai com o Pedro – responsável pela captação e edição de imagens – até os bairros que já ganharam logotipo, mostrar de onde surgiram as inspirações para as criações, fortalecendo ainda mais o processo de identificação das pessoas com os bairros. Stella escreve também os boletins narrados pelo casal semanalmente na Rádio Bandeirantes,  contando a história e sobre o logotipo de cada bairro da cidade. Os boletins vão ao ar todas as segundas-feiras, no programa Manhã Bandeirantes, à convite do jornalista Marcelo Duarte, à partir das 10h – FM 90.9 | AM 840

Captura de Tela 2016-06-22 às 16.06.23

Os idealizadores

Pedro Campos é designer gráfico e fotógrafo, idealizador do projeto. Em meio a criações, conteúdo e fotografia para diversos clientes,  ao longo dos mais de 15 anos de profissão, Pedro sentia falta de algo autoral que fosse além da sua percepção pessoal. Ele buscava realizar um projeto que contribuísse de alguma forma para algo maior quando, em 2009, num determinado momento, teve a ideia do Identidade SP. Em 2013, em uma das arrumações corriqueiras, ele resgatou um caderninho antigo de anotações e achou os rabiscos do projeto.

Mostrou para a jornalista e fotógrafa Stella Curzio, sua esposa e sócia, e contou a ideia. No mesmo momento, ela achou o projeto fantástico e começou a apoiá-lo, insistindo para que ele rabiscasse o primeiro logotipo. Depois, o segundo. Quando Pedro criou o terceiro, decidiram registrar o projeto e criar um site para oficializá-lo.

Stella é responsável pelo processo de pesquisa do projeto. É ela quem busca as referências sobre os bairros nas mais diversas fontes e o significado dos nomes em dicionários da língua tupi e, quando há oportunidade, visita os bairros pessoalmente para conversar com moradores no intuito de descobrir percepções e lendas urbanas que somente moradores de longa data podem oferecer.

identidade-sp-bairro-jaguare-zona-oeste

Após essa pesquisa, Pedro estuda cuidadosamente quais são os principais pontos históricos de cada região, movimentos culturais importantes, fatos relevantes que modificaram de certa forma a característica de cada bairro e, então, começa a rabiscar os elementos que considera mais importantes para criar a identidade do bairro. Depois, sintetiza o contexto e vai trabalhando todos os detalhes até finalizar a criação do logotipo definitivo.

Uma palavra que estava acostumado a ouvir vida inteira tornou-se, por alguns instantes, completamente estranha e engraçada. Foi o caso do Butantã. Que nome é esse? A partir disso pesquisei outros bairros e percebi que todo aquele material poderia servir como um briefing para a criação dos logotipos, já que sempre foi uma de minhas atividades preferidas. Poderia optar por bandeiras ou brasões, mas existem algumas diretrizes e regras para estas duas, e queria algo mais livre artisticamente para o Identidade SP, por isso fugi também do conceito de criação de marcas institucionais, que tendem a ser minimalistas. Queria mais detalhes, de certa forma, contar um pouco do bairro ou da sua história no logotipo. No fim, muitos deles são híbridos, ou seja, tem um pouco do conceito de marcas e ilustração. Assim como muitas marcas eram representadas antigamente”, conta Pedro.

identidade-sp-bairro-penha-de-franca-zona-leste

 

O logotipo do projeto

O logotipo do projeto é uma representação da Chave da Cidade de São Paulo; honraria simbólica entregue à personalidades ilustres ou à pessoas que realizaram coisas importantes para o progresso da cidade. Atualmente, caiu em desuso, sendo substituída pelo Título de Cidadão Paulistano, que é outorgado pela Câmara Municipal de São Paulo.

No corpo da chave forjada de aço, há de um lado, o Brasão de São Paulo e do outro, a data de fundação da cidade. O dente da chave é uma cruz, homenageando os jesuítas e o Padre José de Anchieta.

Saiba mais: http://identidadesp.com.br/

Veja aqui sobre a websérie da Mooca:

 


Meu nome é Patrícia Ribeiro. Sou formada pela Faculdade Cásper Líbero e já trabalhei como editora e repórter em revistas, jornais, sites e em assessoria de imprensa. Adoro contar histórias, sou curiosa e gosto de ouvir as pessoas. Como gosto de viajar, acabei escrevendo muitas reportagens de viagens e turismo e produzi guias de viagem nacionais e internacionais. Adoro a vida cultural da cidade e descobrir lugares novos. Resolvi aliar o que eu gosto do que faço no meu tempo livre neste blog e compartilhar minhas dicas com moradores e visitantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *