10 bons filmes na Netflix para te inspirar Agenda Cultural / Dicas do que fazer em casa / É Grátis

Sempre gostei de cinema e neste período descobri ótimos filmes na Netflix. Como muitos amigos me pedem indicação de filmes, resolvi fazer uma lista dos meus favoritos. São apenas 10, mas, em breve, farei outras listas, porque tem muitos outros. O que eles têm em comum é que são produções europeias e indianas que fogem um pouco da linha blockbuster. O fio condutor é que  são histórias que nos tocam de alguma maneira e nos inspiram. Comentem se já viram algum e qual gostaram mais.

Sementes Podres (França, 2018)

A história é baseada nas experiências de um trambiqueiro que vive em Paris aplicando golpes e se vê obrigado a trabalhar como educador de jovens problemáticos. Contratado acidentalmente por uma organização de apoio à escola, que cuida de alunos com mau comportamento e deficiência de aprendizagem, Wael passa de vítima da sociedade a benfeitor, de ladrão a herói, de mentiroso a mentor. Seu desafio agora é ganhar o respeito dos alunos e ele vai usar todos os artifícios para criar empatia.

Pad Man (Índia, 2018)

O filme é baseado na história real de Arunachalam Muruganantham, inventor de uma maquina que produz absorvente feminino de baixo custo, ajudando a conscientizar a população sobre práticas anti-higiênicas tradicionais em torno da menstruação na Índia rural.

Eu, Daniel Blake (Reino Unido, 2016)

Enquanto luta para receber os benefícios concedidos pelo governo após sofrer um ataque cardíaco, um carpinteiro viúvo conhece uma mãe solteira em situação semelhante. O filme desperta muita empatia pelo personagem principal e certa semelhança no que acontece com os serviços sociais no Brasil com sua burocracia.

Como Estrelas na terra (Índia, 2007)

É a história de uma criança que sofre com dificuldade de aprendizado e custa a ser compreendida. O jovem Ishaan, não consegue acompanhar as aulas ou focar sua atenção, e é tratado com muita rudeza por seu pai. Após serem chamados pela escola, o pai decide levá-lo a um internato, atitude que leva o pequeno a entrar em depressão. Um professor substituto de artes, Nikumbh, logo percebe o problema de Ishaan, e entra em ação com seu plano para devolver a ele a vontade de viver.

Bem-vindo à Marly Gomont (França, 2016)

Em 1975, Seyolo Zantoko, médico recém-graduado de Kinshasa (Congo), aproveita a oportunidade e vai trabalhar em uma pequena aldeia francesa. Ao chegarem em Marly-Gomont, Seyolo e sua família ficam desiludidos. As pessoas têm medo, pois nunca viram negros em suas vidas. Mas Seyolo é determinado a vencer suas apostas e vai se esforçar para ganhar a confiança dos moradores.

O Menino que descobriu o vento (Reino Unido e Irlanda do Norte, 2019)

William Kamkwamba (Maxwell Simba) é um garoto de 13 anos que sai da escola que ama quando sua família não pode mais pagar pelos custos. Voltando em segredo para a biblioteca da escola, ele encontra um caminho, usando partes da bicicleta pertencente ao seu pai Trywell (Chiwetel Ejiofor), para construir um moinho que, em seguida, salva sua aldeia da fome. A viagem emocional de um pai e seu filho excepcional em seu coração, captura a determinação incrível de um menino cuja mente inquisitiva superou todos os obstáculos em seu caminho.

Jours en Or (França, 2012)

Quando um solteirão livre e desimpedido é inesperadamente designado para tomar conta de um garoto, os dois embarcam em uma viagem que vai mudar suas vidas.

Viver duas vezes (Espanha, 2019)

Quando Emilio é diagnosticado com Alzheimer, ele e sua família resolvem partir em busca do seu amor de infância.

Beleza Fantástica (Reino Unido e Irlanda do Norte, 2017)

Um conto de fadas contemporâneo que gira em torno de uma amizade improvável entre uma jovem reclusa com sonhos de ser autora de livros para crianças e um viúvo rabugento.

A Senhora da Van  (Reino Unido e Irlanda do Norte, 2015)

Camden Town, bairro de Londres, 1970. Mary Shepherd (Maggie Smith) é uma senhora idosa, que mora dentro de uma van. Devido aos seus hábitos pouco higiênicos, os moradores não gostam nem um pouco quando ela decide estacionar o carro próximo à sua casa. O único que a tolera é o escritor Alan Bennett (Alex Jennings), que permite que ela use seu banheiro de vez em quando. Após algum tempo, os moradores conseguem que a prefeitura proíba que qualquer carro fique estacionado no bairro. A intenção era que a sra. Shepherd deixasse o local, mas ela encontra uma saída quando Alan oferece que estacione na vaga existente em sua própria casa.

APOIE PASSEIOS BARATOS EM SP!
Nós somos uma agência de turismo e no momento estamos sem poder trabalhar. Enquanto isso, nós criamos conteúdo relevante sobre São Paulo e outras cidades, dicas de lugares e passeios no nosso blog. Ajude-nos a continuar nosso trabalho fazendo uma contribuição

clique aqui: https://abacashi.com/p/passeios_baratos_sp


Meu nome é Patrícia Ribeiro. Sou formada pela Faculdade Cásper Líbero e já trabalhei como editora e repórter em revistas, jornais, sites e em assessoria de imprensa. Adoro contar histórias, sou curiosa e gosto de ouvir as pessoas. Como gosto de viajar, acabei escrevendo muitas reportagens de viagens e turismo e produzi guias de viagem nacionais e internacionais. Adoro a vida cultural da cidade e descobrir lugares novos. Resolvi aliar o que eu gosto do que faço no meu tempo livre neste blog e compartilhar minhas dicas com moradores e visitantes.





APOIE PASSEIOS BARATOS EM SP!

Nós somos uma agência de turismo e no momento estamos sem poder trabalhar. Enquanto isso, nós criamos conteúdo relevante sobre São Paulo e outras cidades, dicas de lugares e passeios no nosso blog. Ajude-nos a continuar nosso trabalho fazendo uma contribuição.

Clique aqui, para nos apoiar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat