MASP_JOSE CORDEIRO Agenda Cultural / História e Arte

Muitas pessoas não vão aos museus e exposições durante a semana por falta de tempo. A maioria fecha por volta das 19h e fica mesmo complicado conseguir ver alguma exposição. Nesta listinha tem lugares que ficam abertos até mais tarde. Vale a pena visitar nestes dias, já que não há filas e você pode ver tudo com mais calma. Alguns têm até uma programação especial.
_MG_9125.jpg menor

Exposição Los Carpinteros – Centro Cultural Banco do Brasil

Com instalações grandiosas, Los Carpinteros – os cubanos Marco Castillo e Dagoberto Rodríguez – são conhecidos pelo forte apelo social das obras e pela crítica ácida, sagaz e bem-humorada. Os artistas questionam a utilidade das coisas e exploram o choque entre função e objeto. A exposição é composta por mais de 70 obras: desenhos, aquarelas, esculturas, instalações, vídeos e obras site specific. O público poderá acompanhar todas as fases do coletivo, desde a década de 1990 até obras inéditas, feitas especialmente para a exposição no Brasil, a partir de ideias e desenhos anteriores. om um equilíbrio delicado entre o humor e o comentário político, entre o global e o contextual, as obras permitem acompanhar o percurso dos artistas. O uso da madeira nos anos iniciais e a recuperação de uma profissão aparentemente alheia ao mundo das belas artes foi o que definitivamente marcou o coletivo artístico e acabou batizando o grupo como Los Carpinteros. Até 12 de outubro. Site Centro Cultural Banco do Brasil Rua Álvares Penteado, 112, Centro. Metrô São Bento e Sé. São Paulo. Tel.: (11) 3113-3651 De quarta a segunda, das 9h às 21 horas. Grátis. Traslado gratuito até as proximidades do CCBB. Embarque e desembarque na Rua Santo Amaro, 272, e na Rua da Quitanda, próximo ao CCBB.  No trajeto de volta, a van também para no Metrô República.

Visitação noturna - Museu da Imigração. Divulgação

Visitação noturna – Museu da Imigração. Divulgação

Museu da Imigração

Museu da Imigração  proporciona um passeio pela história de São Paulo e seus imigrantes. Os ambientes foram recriados com o intuito de mostrar como era a hospedaria no passado. Uma das salas que mais me impressionou foi o refeitório, onde tudo é colocado como se realmente fossem servir as refeições. Para completar a atmosfera, efeitos sonoros com barulhos de pratos e talheres. Outro ambiente bem bacana é o dormitório, com camas e objetos num ambiente escuro com luzes indiretas. Saiba mais aqui

Site Museu da Imigração

Rua Visconde de Parnaíba, 1316, Mooca, próximo das estações Brás e Bresser.

De terça a sábado, das 9h às 17h, e aos domingos das 10h às 17h. Quinzenalmente, às sextas-feiras, o MI oferece visitação noturna com entrada gratuita, ampliando seu horário de atendimento até às 20h. A próxima será dia 30 de outubro. R$ 6 e R$ 3.

Menina-com-as-espigas-Pierre-Auguste-Renoir

MASP

Todas às quintas o MASP funciona até às 20h e após às 17h a entrada é gratuita. Se você não trabalhar e morar muito longe dá para chegar umas 19h e visitar o museu. O prédio moderno projetado pela arquiteta Lina Bo Bardi é um ícone da cidade, com 11 mil m2 divididos em cinco pavimentos e com vão livre de 74 metros. O acervo fixo do museu é riquíssimo, com obras dos principais artistas internacionais.   Obras dos pintores europeus mais importantes da história estão lá. Manet, Degas, Cézanne, Gauguin, Van Gogh, Matisse, Renoir, Toulouse-Lautrec, Picasso, Modigliani.  Tem também arte sacra – Deuses Madonas – A Arte do Sagrado e  a mostra O Triunfo do Detalhe (e depois, nada) permite uma nova visão sobre 60 obras já consagradas do acervo do Museu.

Site Masp

Avenida Paulista, 1578, metrô Trianon-Masp

De terça a domingo: das 10h às 18h; quinta-feira: das 10h às 20h (bilheteria até 19h30)

Ingressos: R$ 25 e R$ 12. Entrada gratuita às terças-feiras, durante o dia todo, e às quintas-feiras, a partir das 17h.

Frida de barriga para baixo, por Nickolas Muray, 1946 ©Museu Frida Kahlo

Frida de barriga para baixo, por Nickolas Muray, 1946 ©Museu Frida Kahlo

MIS – Museu da Imagem e do Som

em imagens selecionadas a partir de 6500 fotografias do acervo pessoal da artista mexicana Frida Kahlo. Esse material foi encontrado na Casa Azul, 50 anos após a morte da artista. São registros que a pintora gostava de guardar para recordar, se inspirar e até realizar algumas intervenções. A seleção revela desde a infância até períodos de sua vida adulta, com imagens de autoria de seu pai (fotógrafo profissional), além de momentos eternizados pela própria artista e seus amigos como os fotógrafos Gisèle Freund e Nickolas Muray. Os fãs vão adorar, não sei se agradará fotógrafos ou o público em geral. Quem conhece a vida e obra da artista e sabe o que ela passou vai se emocionar com o documentário exibido em uma das salas. São entrevistas de pessoas que conviveram com ela e outras que nem a conheceram mas são admiradores da sua vida e obra. O cenário traz aquele clima mexicano do universo de Frida: muitas cores, caveiras, plantas, flores e outros adereços. Não é permitido fotografar a mostra fotográfica, apenas o cenário. Se você curte esta grande artista, vale a pena ir. A mostra  vai até 20 de novembro. R$6 (inteira) e R$3 (meia). Às terças-feiras a entrada é gratuita. Museu da Imagem e do Som – MIS Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br

Mansão em estilo clássico francês Casa das Rosas

Mansão em estilo clássico francês Casa das Rosas

Casa das Rosas

No início da Avenida Paulista nos deparamos com um imponente prédio histórico onde funciona o centro cultural Casa das Rosas. Projetado por Ramos de Azevedo, a mansão em estilo clássico francês é cercada por um lindo jardim, conta com orquidário e um café. A Casa das Rosas é o núcleo dos apreciadores da literatura e poesia. Aqui funciona também o Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura que promove saraus, palestras, cursos, oficinas, exposições, feiras culturais, concertos e peças teatrais. É possível também agendar uma visita educativa gratuita na recepção.  Consulte a programação mensal no site. 

Site Casa das Rosas

Av. Paulista, 37, metrô Brigadeiro

De terça-feira a sábado, das 10 às 22h; domingos e feriados, das 10 às 18h

Espaço Olavo Setúbal - Itaú Cultural. Divulgação

Espaço Olavo Setúbal – Itaú Cultural. Divulgação

Itaú Cultural

O prédio branco e envidraçado do Itaú Cultural abriga vários eventos como exposições, peças de teatro, shows, oficinas, vivências, cursos e palestras. Tem um acervo fixo e uma programação que muda todo mês. O Espaço Olavo Setubal apresenta, em nove módulos, peças iconográficas, imagens avulsas ou inseridas em álbuns, livros, documentos e mapas que retratam e revelam o Brasil e sua cultura. Os grandes artistas viajantes são representados em gravuras, pinturas, aquarelas ou desenhos originais, assim como as primeiras obras publicadas a respeito do país no exterior e álbuns iconográficos, impressos na Europa e em território nacional. As obras-primas da literatura brasileira também marcam presença, com exemplares de primeiras edições, muitas delas com dedicatória e ilustrações de nomes fundamentais da arte brasileira. Os conjuntos manuscritos não são menos importantes e trazem peças fundamentais da história e na literatura produzida no país ou sobre ele. programação completa está no site do Itaú Cultural.

Site Itaú Cultural

Avenida Paulista, 149, Metrô Brigadeiro

Espaço Olavo Setubal – Coleção Brasiliana Itaú

De terça-feira a sexta-feira, das 9h às 20h, sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h

Você lembra de algum outro museu ou galeria que fica aberto até mais tarde? Comente aqui.

Foto destaque: Masp – José Cordeiro/SPTuris

[et_bloom_inline optin_id=optin_1]

 


Meu nome é Patrícia Ribeiro. Sou formada pela Faculdade Cásper Líbero e já trabalhei como editora e repórter em revistas, jornais, sites e em assessoria de imprensa. Adoro contar histórias, sou curiosa e gosto de ouvir as pessoas. Como gosto de viajar, acabei escrevendo muitas reportagens de viagens e turismo e produzi guias de viagem nacionais e internacionais. Adoro a vida cultural da cidade e descobrir lugares novos. Resolvi aliar o que eu gosto do que faço no meu tempo livre neste blog e compartilhar minhas dicas com moradores e visitantes.





APOIE PASSEIOS BARATOS EM SP!

Nós somos uma agência de turismo e no momento estamos sem poder trabalhar. Enquanto isso, nós criamos conteúdo relevante sobre São Paulo e outras cidades, dicas de lugares e passeios no nosso blog. Ajude-nos a continuar nosso trabalho fazendo uma contribuição.

Clique aqui, para nos apoiar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp chat